Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Alimente o seu espírito. Receba grátis os artigos da Aleteia toda manhã.
Inscreva-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Sobrecarregada? Veja como não afundar

DESPERATE MOM
Tatyana Dzemileva - Shutterstock
Compartilhar

Essas 3 dicas podem ajudar a mantê-los saudáveis durante os períodos da vida particularmente estressantes

Em meio a crianças, casa e trabalho, é seguro dizer que estou me sentindo – assim como muitos e muitas de vocês – muito sobrecarregada.

Então é hora de me lembrar (e vocês também) das coisas que aprendi sobre como atravessar momentos de grande estresse na vida sem perder a cabeça ou prejudicar meus relacionamentos.

1
PARAR DE SER MULTITAREFA

Se você é como eu, quanto mais ocupada você fica, mais coisas você tenta fazer ao mesmo tempo. Houve dias em que tentei responder a mensagens de texto enquanto falava ao telefone na fila da escola à espera das crianças. Adivinha o que aconteceu com todas essas tarefas? Nenhuma foi bem feita.

Agora eu sei que ser multitarefa é um mito. Mas ainda é tentador tentar encaixar apenas mais uma coisinha. Mas você não pode. Você não pode ajustar uma tarefa dentro do tempo dedicado a outra. Não funciona assim. Uma se desfaz, enquanto a outra perde qualidade. Você acaba gastando mais tempo tentando refazer as coisas que estavam pela metade no modo “multitarefa” do que você faria se tivesse feito as coisas uma de cada vez.

2
NÃO MANTENHA O TELEFONE NO BOLSO

Descobri este ano que preciso de um nível extra de disciplina, não apenas para evitar a multitarefa, mas também para me forçar a estar totalmente presente no momento.

Quando minha lista de tarefas é longa, minha mente começa a acelerar. Mesmo que eu esteja tentando me concentrar em uma tarefa, minha mente está frequentemente pulando para a próxima e depois para a próxima.

Encontro-me olhando para o meu telefone para ter certeza de que tenho essas tarefas na minha lista ou no meu calendário. E mesmo que eu não esteja tentando realizá-las no momento, isso acaba sendo tão perturbador quanto a multitarefa. Isso me afasta do momento presente e da tarefa presente.

Quando se trata de meus filhos, é crucial que eu deixe o telefone na gaveta ou no meu quarto para que, quando eu os ajudo na lição de casa, não esteja olhando constantemente para o smartphone.

O mesmo vale para a hora de dormir – quando estou lendo uma história, cantando ou rezando com as crianças: tenho que deixar meu telefone em outro lugar para conseguir dedicar-lhes toda a minha atenção.

Quando você está sobrecarregada, é fácil desviar a atenção das coisas que mais importam. Faça um favor a si mesma e limite suas distrações para prestar total atenção ao que está acontecendo naquele momento.

3
INVISTA EM CUIDADOS PESSOAIS

Quando corro em várias direções diferentes, é fácil deixar minhas próprias necessidades de lado. Mas uma coisa que aprendi é que, se eu não fizer meu treino, sou praticamente incapaz de pensar com clareza.

O mesmo acontece com o sono. Quando eu troco horas de sono por tarefas atrasadas, meu trabalho no dia seguinte acaba sofrendo. E o pior, tudo o que eu tento realizar quando estou exausta leva o dobro do tempo. A qualidade do meu trabalho e do meu pensamento despencam.

Quando a vida acelera, sei que, para superar, meu investimento em minha própria saúde e bem-estar precisa aumentar na mesma intensidade.

É simplesmente impossível se dedicar a qualquer outra coisa – família, trabalho ou ambos – se você não tiver nada para oferecer.

Portanto, certifique-se de cuidar de si primeiro, sendo ativa, comendo bem e dormindo o suficiente. Esta é a coisa mais importante que você pode fazer para sobreviver aos momentos de grande estresse na vida.

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.