Aleteia

Quem é Lúcifer e o que este nome significa?

LUCIFER
Compartilhar

Várias tradições afirmam que Lúcifer era o “mais brilhante” entre os anjos antes de se rebelar contra Deus

O nome “Lúcifer” é frequentemente usado na cultura popular. Até mesmo uma série de TV adotou o nome, cuja origem é complexa e se desenvolveu ao longo dos séculos.

“Lúcifer” é uma palavra latina que significa “portador da luz”. Era originalmente o nome do planeta Vênus, conhecido como “estrela da manhã”.

No livro de Isaías, o corrupto rei da Babilônia recebeu esse nome:

“Então! Caíste dos céus, astro brilhante, filho da aurora! Então! Foste abatido por terra, tu que prostravas as nações! Tu dizias: ‘Escalarei os céus e erigirei meu trono acima das estrelas. Eu me assentarei no monte da assembleia, no extremo norte.Subirei sobre as nuvens mais altas e me tornarei igual ao Altíssimo’. E, entretanto, eis que foste precipitado à morada dos mortos, ao mais profundo abismo.” (Isaías 14, 12-15)

O rei foi chamado para ser um “portador da luz”, mas tentou ser como Deus e “caiu do céu” e foi condenado ao “poço”.

Inicialmente, esse era o primeiro contato com o rei histórico da Babilônia, mas Jesus fez um comentário aos seus discípulos que acrescentou outra dimensão ao nome. Jesus disse: “Vi Satanás cair como um raio do céu” (Lucas 10:18).

As duas passagens foram posteriormente conectadas pelos cristãos e lentamente “Lúcifer” se associou ao nome de Satanás antes de ele cair do céu.

A Igreja Católica sempre ensinou que: “Satanás foi inicialmente um anjo bom, feito por Deus: ‘O diabo e os outros demônios foram realmente criados naturalmente bons por Deus, mas eles se tornaram maus por suas próprias ações” (CIC 391) .

Várias tradições afirmam que Lúcifer era o “mais brilhante” entre os anjos antes de se rebelar contra Deus.

No entanto, mesmo que o nome tenha sido geralmente aceito como o nome angelical de Satanás pelos cristãos, nunca foi uma parte oficial do repositório da fé.

Boletim
Receba Aleteia todo dia