Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Mês da Bíblia: os Livros Históricos

Biblia na blacie
Compartilhar

Conhecendo um pouco mais sobre o Livro da Vida

Depois do Pentateuco, encontramos na Bíblia os chamados 16 livros Históricos. São eles: Josué, Juízes, Rute, Samuel I e II, Reis I e II, Crônicas I e II, Esdras, Neemias, Tobias, Judite, Ester e Macabeus I e II.
Josué foi o sucessor de Moisés e o livro trata da instalação dos israelitas na terra de Canaã.
As narrações deste livro não encobrem os costumes cruéis e brutais dos povos antigos, mas tem como objetivo enaltecer o poder de Deus, mais forte que o poder dos inimigos.
Nos dois capítulos finais, Josué, já envelhecido, fala sobre a fidelidade, a confiança e a gratidão às promessas de Deus, e o povo responde: “Nós serviremos ao Senhor, nosso Deus, e obedeceremos a sua voz”.
Porém no livro seguinte, dos Juízes, vemos o quanto o povo foi infiel a este compromisso, mas sempre encontraram a misericórdia divina toda vez que se arrependeram de suas faltas.
O livro de Rute narra a história desta estrangeira, viúva de um judeu. Ela fez de Israel a sua terra para permanecer fiel ao afeto que tinha por sua sogra. Depois de abraçar a fé, casou-se com Booz. De acordo com a lei, ele deveria tomar por
mulher a viúva de seu parente mais próximo. Rute é citada como um modelo de piedade e fidelidade e por Deus tê-la escolhido é um sinal que a salvação não é apenas para o povo eleito, mas para todos.
Os dois livros de Samuel relatam um período de cerca de 100 anos e narram a crise da realeza em Israel e o caráter sacro da dinastia de Davi.
Os livros dos Reis trazem a história dos israelitas desde a morte de Davi até a destruição de Jerusalém, com a deportação do povo. Um período que vai do 970 até 587 antes de Cristo.
Nos livros das Crônicas I e II, o autor quer colocar em evidência como Deus usa do governo de reis fiéis para a realização de seus planos e a conservação da Aliança. No ano de 536 a.C. os judeus deportados foram reintegrados na Palestina depois de 70 anos na Babilônia.
Os livros de Esdras e Neemias consistiam em uma só obra e devem ser atribuídos ao mesmo autor das Crônicas. Ele relata a restauração religiosa ocorrida quando Ciro, o rei dos Persas, autorizou o retorno dos judeus deportados à Judéia. Assim que os judeus se retornaram, começaram a reconstrução do Templo.
Os livros de Tobias, Judite e Ester não são meramente históricos. Os autores usaram elementos da história para inserir ensinamentos religiosos.
O livro de Tobias tem uma profunda riqueza religiosa quanto ao amor de Deus, à piedade filial, à perseverança, à misericórdia e à santidade do casamento.
Pela descrição do livro de Judite, vemos que o autor quer demonstrar que a confiança em Deus, manifestada por fiel dedicação ao seu serviço, triunfa sobre as potências terrestres.
O livro de Ester, também de autoria desconhecida, provavelmente relata um período do século 4 antes de Cristo. Na época os judeus viviam dominados e oprimidos por estrangeiros. Neste livro temos o episódio do decreto que determinava a morte dos judeus, frustrado pela intercessão da rainha Ester.
Nos dois livros de Macabeus, o autor fala sobre a edificação religiosa. No primeiro deles é destacada a predileção divina por Israel, a reação dos judeus fiéis contra o poder sírio que ocupava o território e a luta contra o paganismo grego que
começava a invadir a comunidade israelita. No segundo livro são apresentados heróis e ações heróicas que testemunham uma fé ardente e viva, que não recua nem mesmo diante do martírio.
Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.