Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Newsletter Aleteia: uma seleção de conteúdos para uma vida plena e com valor. Cadastre-se e receba nosso boletim direto em seu email.
Registrar

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Brasileiros acreditam mais nas Igrejas do que na mídia, mas ainda devemos melhorar

Compartilhar

Partidos políticos ocupam o último lugar em confiabilidade segundo o Índice de Confiança Social medido pelo Ibope. Veja quem lidera

O Índice de Confiança Social, que varia de 0 a 100, mede o quanto os brasileiros confiam em 30 entidades representativas de diversos âmbitos da vida em sociedade. Em 2019, a liderança em confiabilidade no país é ostentada pelo Corpo de Bombeiros, com 88 pontos, seguido pela Polícia Federal, com 72, e pelas Igrejas, com 71.

As informações vêm de uma pesquisa realizada em julho e divulgada em agosto deste ano pelo Instituto Brasileiro de Opinião e Estatística (Ibope).

Em último lugar, para surpresa de ninguém, estão os partidos políticos, com 27 pontos. A vice-lanterna, com 34 pontos, é ocupada, também sem surpresas, pelo Congresso Nacional, cujo envolvimento em negociatas para benefício próprio parece não sair jamais do noticiário – nem sequer em tempos de deslavadas fake news.

Aliás, a propósito de notícias e falsas notícias, os Meios de Comunicação, cuja credibilidade tem sido posta na berlinda por conta de parcialidades clamorosas e tendências ideológicas escancaradas, aparecem com 61 pontos.

A pesquisa do Ibope aponta ainda que a instituição com a maior recuperação de imagem entre os brasileiros é a Presidência da República: seus 48 pontos em 2019 somam 35 a mais que no ano anterior, quando havia caído ao mais baixo índice já registrado pelo ICS desde que foi criado em 2009: 13 pontos. Como um todo, o Governo Federal também obteve grande melhora, passando de 25 pontos em 2018 para 50 neste ano.

Sadio desafio para nós, católicos

Em relação às Igrejas, o terceiro lugar passa muito longe de ser meritório: nós, católicos, membros da Igreja fundada por Cristo e chamada a nada menos que a santidade, temos a obrigação moral e espiritual de prestar contas a Deus, ao próximo e à nossa consciência sobre o fato de que 29% dos brasileiros não nos veem como o mais seguro dentre todos os indicadores de confiabilidade.

Não se trata, de forma alguma, de menosprezar a mais que meritória confiabilidade dos bombeiros e dos policiais federais, mas apenas de observar que, para nós, como discípulos de Jesus, ser confiáveis deveria ser uma consequência natural e evidente se estivéssemos de fato testemunhando em plenitude o amor, a esperança e a fé transformada em obras.

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.