Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 08 Dezembro |
Bem-aventurado Luís Liguda
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Somos parte de um mundo que não nos pertence – e mais 3 lições para libertar-nos

web3-hapiness-happy-couple-woman-man-pexels-cc0.jpg

Reportagem local - publicado em 23/09/19

"A felicidade não é uma descoberta no fim da existência, mas durante o caminho percorrido"

Enrique Rojas Montes, catedrático espanhol de psiquiatria, declarou em seu livro “El hombre light” [O homem light], de 1992:
“A felicidade é a máxima aspiração do homem, para a qual apontam todos os vetores da sua conduta. Mas, se queremos alcançá-la, precisamos buscá-la. A felicidade não é uma descoberta no fim da existência, mas durante o caminho percorrido”.

Para que o nosso percurso pela vida seja feliz, precisamos nos libertar de uma série de ideias que nos pressionam de modo desproporcional. Aqui vão 4 delas, inspiradas na obra do psicólogo húngaro Mihaly Csikszentmihalyi, professor de Psicologia e Gestão na Claremont Graduate University, da Califórnia:

1 – Caiu? Levante-se e vá em frente

É preciso querer perseverar apesar dos obstáculos e saber que “a satisfação não depende do que você faz, mas de como você faz”: você pode encarar os obstáculos e até os fracassos deixando-se estressar, aborrecer e desesperar, ou pode respirar fundo, aprender com os erros, identificar as correções a serem feitas, executá-las e recomeçar.

2 – Os obstáculos são desafios

Transforme as adversidades em desafios que lhe tragam satisfação. Csikszentmihalyi vê nesta característica a virtude “mais útil e mais necessária para a sobrevivência – e com mais possibilidade de fazer melhorar a qualidade de vida”.

3 – Contra os obstáculos, pense em soluções alternativas

É comum focar a atenção nos obstáculos, mas é certamente melhor ampliar a visão e descobrir soluções alternativas. Além disso, quando paramos um pouco para olhar panoramicamente para toda a situação, percebemos a dimensão relativa que ela tem e enxergamos melhor as medidas a serem priorizadas.

4 – Somos parte de um mundo que não nos pertence

Nossas energias não precisam ser gastas em dominar o que está ao nosso redor, mas em encontrar a maneira harmoniosa de funcionar dentro do nosso entorno. Em vez de buscarmos só os nossos próprios interesses, obteremos melhores resultados se pensarmos de modo sistêmico em nós e nos outros.

Tags:
DepressãoFelicidadeVirtudes
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia