Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 30 Outubro |
Santo Angelo de Acri
home iconAtualidade
line break icon

Ação do Exército prende 63 pessoas em um mês por incêndios na Amazônia

BOLIVIA

HO | AFP

Agências de Notícias - publicado em 25/09/19

O ministro destacou que até 22 de setembro havia 17.095 pontos de incêndio na floresta, número que, por enquanto, está abaixo da média histórica do mesmo mês

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, anunciou nesta segunda-feira que 63 pessoas foram presas e houve a emissão de 8,7 milhões de dólares em multas durante um mês de operação militar para combater incêndios na Amazônia, que em agosto registrou o dobro de focos contabilizados no mesmo período de 2018.

Os resultados da Operação Verde foram divulgados no mesmo dia em que o presidente Jair Bolsonaro chegou a Nova York para participar da Assembleia Geral da ONU, antes da qual ele disse que “reafirmaria a soberania” do Brasil, depois de ser alvo de duras críticas da comunidade internacional por conta do aumento de incêndios na Amazônia.

No país foram registrados 30.901 focos de incêndio em agosto, na região amazônica, quase o triplo dos 10.421 do mesmo mês de 2018, segundo dados de satélite do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), citados em entrevista coletiva liderada pelo ministro Fernando Azevedo e Silva.

O ministro destacou que até 22 de setembro havia 17.095 pontos de incêndio na floresta, número que, por enquanto, está abaixo da média histórica do mesmo mês, situada em 33.426.

“Nós mostramos o resultado da operação. O que vinha, principalmente de fora, era que a Amazônia estava em chamas. Nós mostramos o real, eu acho que está longe de uma Amazônia em chamas”, disse o ministro, ao lado da equipe técnica que participa da operação.

Contudo, Azevedo reconheceu que “há preocupação” em algumas áreas, especialmente no centro da região.

Sob forte pressão internacional, Bolsonaro assinou um decreto em 23 de agosto para autorizar o envio de militares para os estados amazônicos. Na sexta-feira passada, a operação foi prorrogada até 24 de outubro.

O ministro disse que foram realizadas 571 missões terrestres e 250 aéreas para combater os focos de incêndio na região amazônica, que abriga a maior biodiversidade do mundo e é essencial para o equilíbrio climático do planeta.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia