Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 20 Abril |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Como ajudar seu filho introvertido a fazer amigos

CHILDREN PLAYING

Rain0975 | Flickr CC by ND 2.0

Calah Alexander - publicado em 25/09/19

Ajude seu filho a ver que esse traço de caráter é um dom

Como uma extrovertida nata ao longo da vida, ter um filho tímido não era algo com o qual eu estava preparada para lidar. Por um tempo, não foi um problema. Minha mais velha, Sienna, é uma extrovertida natural que sempre faz amigos em qualquer lugar, a qualquer hora. Mas minha segunda filha, Charlotte, é muito mais introvertida.

Não que ela não queira fazer amigos – ela quer. Mas ela é sonhadora, sempre carrega um livro na mão e vive uma vida altamente imaginativa. Isso torna a amizade mais difícil, especialmente na fase dos 10 e 11 anos, um período de transição. Portanto, a luta para encontrar amigos é mais real agora do que nunca para ela.

Se você tem uma filha ou filho introvertido, aqui estão algumas coisas que podem ser úteis para você ajudá-lo.

1CONVERSE COM O PROFESSOR

No ano passado, a professora de Charlotte conversou comigo sobre com quais meninas ela se dava melhor. Era uma informação valiosa, pois me ajudou a conversar com ela sobre como fazer amizades com meninas além do círculo limitado que eu conhecia.

Este ano, ela não está na mesma classe de muitas dessas garotas, mas eu tenho contado com as mesmas informações para ajudar a facilitar as sessões de estudo depois da escola e as atividades de fim de semana. Tem sido muito mais útil do que minhas próprias tentativas de guiá-la cegamente para amizades com meninas com quem ela não compartilha interesses.

Por isso, incentivo você a conversar com os professores, que veem seu filho em ambientes sociais diariamente, e ouvir o que eles têm a dizer.

2PROMOVER AMIZADES INTENCIONAIS

A maioria das amizades dessa época surge por proximidade. Crianças nas mesmas classes ou atividades gravitam umas nas outras, não necessariamente por um senso de camaradagem, mas por proximidade.

Para os extrovertidos, isso não é realmente um problema. Posso dizer por experiência própria que os extrovertidos têm poucos problemas para fazer amizades com pessoas que compartilham pouco em comum.

Mas crianças introvertidas são diferentes. Elas podem se sentir intimidadas por interesses diferentes ou simplesmente desinteressadas ​​e desmotivadas em atividades que não despertam sua curiosidade.

Nenhuma dessas reações está errada, razão pela qual é fundamental que os pais ajudem seus filhos introvertidos a promover amizades intencionais. Abrir um espaço para a socialização fora da escola é uma maneira de aliviar a pressão acadêmica e dos colegas, e para que as crianças tenham a chance de se conhecerem independentemente das circunstâncias.

3VALORIZAR A QUALIDADE SOBRE A QUANTIDADE

Crianças introvertidas geralmente se tornam adultos introvertidos – o que é uma coisa boa! Um mundo cheio de extrovertidos seria ruidoso e caótico, com poucas amizades profundas e significativas. Indique ao seu filho(a) introvertido que alguns bons amigos valem mais do que toneladas de amigos casuais, explicando a diferença entre amizades circunstanciais e amizades intencionais.

Encontre alguns versículos da Bíblia que falem sobre o valor de um bom amigo e ajude seu filho introvertido a ver que ser introvertido é realmente um dom que pode levar a uma vida rica e significativa.

Tags:
AmizadeEducaçãoFilhos
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia