Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Como ir ao primeiro encontro com seu cônjuge novamente

MAN,HUSBAND,FLOWERS
Jovo Jovanovic | Stocksy United
Compartilhar

Aqui está uma maneira divertida e criativa de reviver esse sentimento amoroso e fortalecer seu casamento nos próximos anos

Quando meu marido veio à minha casa para me buscar no nosso primeiro encontro, há dois anos, eu estava muito ansiosa. Meu coração estava disparado, minhas mãos estavam úmidas e eu havia trocado de roupa pelo menos quatro vezes. Agora que estamos casados ​​há pouco mais de um ano, o nervosismo do namoro se estabeleceu em uma familiaridade confortável.

Mas, com o passar dos anos do casamento, eu sei por aqueles que estão casados ​​há muito mais tempo que é fácil cair na rotina e perder a paixão que tínhamos quando conhecemos nosso cônjuge. De fato, alguns estudos mostram que, com apenas dois anos de casamento, os casais relatam que seu relacionamento se acomodou.

A blogueira Kristina Kuzmic nos dá pistas de como planejar um novo “primeiro encontro” e mas fornece as nuances importantes que podem dar a você aquela sensação vertiginosa novamente.

Kristina e seu marido saem em “primeiros encontros” uma ou duas vezes por ano. Eles adoram como isso fornece uma maneira criativa de se conhecer melhor, mesmo após os anos de casamento.

Afinal, com o passar da vida, nossos horários ficam cada vez mais movimentados. Somente em nosso primeiro ano de casamento, meu marido e eu vimos como tarefas como lavar a roupa, pagar as contas e fazer compras no supermercado podem levar quase todo o nosso tempo livre juntos.

Isso não quer dizer que todas as partes do casamento devam sempre parecer como no primeiro encontro ou quando estávamos em lua de mel. É bom conhecer um ao outro e descobrir quem realmente é nosso cônjuge, como ele mais autêntico e vulnerávei. Mas também temos um poder incrível de adicionar diversão e leveza aos nossos casamentos.

Aqui estão mais algumas dicas para fazer isso:

Aprender algo novo um sobre o outro

É fácil transformar o encontro com seu cônjuge em um momento para acompanhar o desempenho das crianças na escola e o que precisa ser feito antes que a semana termine. Quando você vai ao “primeiro encontro” com seu cônjuge, tente algo novo falando um do outro.

“Quando você sai regularmente com seu cônjuge, acaba falando das crianças. Acaba falando sobre as contas. Sobre a sua longa lista de tarefas – explica Kuzmik. “É muito raro sentarmos lá e nos conhecermos de verdade. Estamos juntos há um bom tempo, mas cada vez que fazemos isso, aprendo algo novo sobre ele e ele aprende algo novo sobre mim.”

Diga um ao outro “eu te amo”

Lembra quando você disse “eu te amo” ao seu cônjuge quando estavam namorando? Sua voz tremeu? Você estava nervosa sobre como ele responderia? Agora que você é casada, sua confiança aumentou.

\Você provavelmente disse a seu esposo ou sua esposa ‘eu te amo’ centenas de vezes por dia quando namorou. No entanto, após alguns anos de casamento, alguns homens podem passar dias sem dizer à esposa que os amam.

Uma desculpa comum que os homens dão para não dizer à esposa que a amam é: ‘Eu já demonstro para minha esposa que a amo trabalhando longas horas para sustentar a família e ainda corto a grama’. Embora seja verdade que o amor pode e deve ser demonstrado através de ações, as mulheres precisam ouvir que você as ama. É reconfortante para elas ouvir isso.

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.