Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 28 Julho |
São Botvido
home iconEspiritualidade
line break icon

“Há um grande abismo entre nós”

JESUS,RAISES,LAZARUS,FROM THE DEAD

PD

Arquidiocese de São Paulo - publicado em 27/09/19

"Lázaro significa “aquele que é auxiliado”. O pobre da parábola foi ajudado somente por Deus. Não encontrou acolhida dos homens"

Em sua coluna no jornal O São Paulo, da arquidiocese paulistana, o pe. João Bechara compartilhou a seguinte meditação sobre o 26º Domingo do Tempo Comum, que será este próximo 29 de setembro de 2019:

Geralmente, Nosso Senhor não nomeia os personagens de suas parábolas. O Evangelho deste domingo é uma exceção. Temos, de um lado, um pobre esquecido por todos, que morre e vai direto ao paraíso. Este possui um nome: Lázaro. De outro lado, vemos um rico com vestes caras e boa comida, que ignorava o pobre caído à sua porta. Este, ao contrário, não tem nome e, ao morrer, vai para o inferno. É um anônimo; não tinha o nome inscrito nos Céus.

Lázaro significa “aquele que é auxiliado”. O pobre da parábola foi ajudado somente por Deus. Não encontrou acolhida dos homens. Viveu literalmente as palavras do Salmo: “O nosso auxílio está no nome do Senhor que fez o Céu e a terra” (Sl 123,8). A sua indigência foi um testemunho contra o rico indiferente. Um abismo de indiferença os separava na terra; agora, um abismo intransponível os separa por toda a eternidade. Talvez os pecados mais perigosos para homens “de bem” sejam aqueles de omissão. Omitir-se foi o pecado do sacerdote e do levita que passaram diante do samaritano ferido; e, também, de Pilatos, que lavou as mãos diante da condenação do Senhor. Quanto mal pode fazer a inação, quando se deve atuar energicamente!

A negligência do rico nos ajuda a situar melhor o Evangelho do último domingo, do “administrador infiel”. Este se redimira por meio da diligência, utilizando as “riquezas injustas” com generosidade, perdoando débitos e favorecendo os demais. O rico de hoje não teve a mesma esperteza: encastelou-se e assim não teve salvação. Aquele que não se dignava dar uma migalha a Lázaro, agora implora, das chamas eternas, a ponta dos dedos do pobre para lhe aliviar seus tormentos.

No entanto, é tarde! O rico não receberá na morte a compaixão que recusou a Lázaro durante a vida. Como diz o Senhor, “Felizes os misericordiosos porque alcançarão misericórdia” (Mt 5,7). As roupas finas com que se revestia disfarçavam um coração miserável. A pena do inferno não é mais do que a consumação do estado em que sua triste alma já se encontrava neste mundo: morta, estéril, sem amizade com Deus.

A meditação deste Evangelho pode nos levar a descobrir situações de nossa vida em que talvez estejamos sendo omissos, indiferentes ou sem compaixão. Talvez nos omitamos na ajuda material a pessoas concretas ou obras de caridade que contam conosco. Talvez omitamos manifestações de afeto devidas àqueles que esperam “migalhas” da nossa atenção e consideração. Talvez omitamos a amizade e o auxílio espiritual a pessoas próximas que não estão bem ou que se encontram talvez à beira do abismo. Pensemos no nosso universo: família, amigos, colegas de profissão…

Para ver se somos omissos ou não, um critério bastante efetivo é a “Regra de Ouro”: “Tudo o que quereis que os homens vos façam, fazei-o vós a eles. Esta é a Lei e os profetas” (Mt 7,12). Temos a Lei, os Profetas e o Filho de Deus ressuscitado; ouçamo-los!




Leia também:
Os 3 mortos que Jesus ressuscitou – e os 3 pecadores que eles representam

Tags:
evangelhoJustiça
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Reportagem local
A arrepiante oração de uma mulher no corredor da morte por ser ca...
2
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Charbel disse?
3
Ítalo Ferreira
Reportagem local
Ouro no surfe em Tóquio, Ítalo Ferreira reza todos os dias às 3h ...
4
CROSS;
Reportagem local
O que significa o sinal da cruz feito sobre a testa, os lábios e ...
5
CONFESSION, PRIEST, WOMAN
Julio De la Vega Hazas
Por que não posso me confessar diretamente com Deus?
6
JENNIFER CHRISTIE
Jeff Christie
Minha mulher engravidou de um estuprador – e eu acolhi o bebê nas...
7
Anna Gębalska-Berekets
O que falar (e o que não falar) a um ente querido com câncer
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia