Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Alimente o seu espírito. Receba grátis os artigos da Aleteia toda manhã.
Inscreva-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Bolívia começa a controlar incêndios florestais

FIRE
MinPresidencia
Compartilhar

Um relatório da ONG Fundação Amigos da Natureza (FAN) divulgado nesta nesta sexta-feira indica que 5,3 milhões de hectares foram consumidos pelas chamas no país

Os incêndios que consumiram milhões de hectares de florestas e campos no leste da Bolívia começaram a ser controlados, de acordo com uma fonte militar.

“Nós praticamente controlamos os incêndios, mas não foram eliminados, e em poucos dias reduziremos os focos”, disse o chefe das Forças Armadas, Williams Kaliman, numa entrevista a uma emissora de rádio local.

Kaliman é um dos principais coordenadores entre militares, policiais e bombeiros que se dedicam ao combate aos incêndios que começaram em agosto passado.

Um relatório da ONG Fundação Amigos da Natureza (FAN) divulgado nesta nesta sexta-feira indica que 5,3 milhões de hectares foram consumidos pelas chamas no país.

Em relação à área queimada, há quase um mês o governo boliviano não apresenta um relatório oficial.

(AFP)

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.