Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 19 Outubro |
Santos Mártires Canadenses
Aleteia logo
home iconReligião
line break icon

Pe. Gabriel Vila Verde: há muita diferença entre devoção popular e abusos litúrgicos

EL TOCUY

@GuardianCatolic

Aleteia Brasil - Pe. Gabriel Vila Verde - publicado em 04/10/19

"Devoção é o que um povo cria para louvar a Deus. Profanação é o que alguns inventam para agradar a assembleia"

O pe. Gabriel Vila Verde compartilhou em sua página no Facebook o seguinte comentário sobre a diferença, relevante, entre as manifestações da religiosidade popular e as invencionices que de fato constituem abuso litúrgico.

DEVOÇÃO E PROFANAÇÃO: COMO DISCERNIR?

Em tempos de internet, se percebe uma coisa muito séria no meio católico, que é a acusação de “profanação”, “abuso litúrgico” e coisas parecidas, para qualquer ato diferente que aconteça na Igreja. Para muitos que se tornaram católicos há pouco tempo, qualquer gesto fora do ritual litúrgico comum torna-se uma grave ofensa a Deus. Vamos pisar um pouco no freio, para observarmos com atenção o que se passa do outro lado da estrada. Sabemos que a fé cristã chegou em nossa terra no ano de 1500. Os missionários passavam pelas aldeias, pregavam o Evangelho, mas não permaneciam. Então, aquele povo que não tinha assistência eclesiástica de forma regular começava a louvar a Deus com uma liturgia própria. Surge então o que chamamos de “religiosidade popular”, ou seja, aquilo que o povo criou em nome da religião. Essas tradições foram passadas de geração em geração e foi o que alimentou a fé em tempos tão difíceis: novenas, promessas, romarias, reisados, festas de padroeiro etc. Quando um padre aparecia para dar os sacramentos, encontrava um povo fervoroso, desejoso de Deus. Eu observo isso por onde passo. Nas comunidades onde o povo tem uma religiosidade viva, o padre não encontra muitos obstáculos para evangelizar. Já aquelas onde o povo não sabe cantar uma ladainha, haja suor e lágrimas para pregar o Evangelho. Portanto, quando você encontrar na internet pessoas cantando benditos no altar, ou fazendo suas homenagens de forma diferente da sua, pense duas vezes antes de digitar “sacrilégio”, “abuso”, “profanação”. Você conheceu a fé nos tempos em que os documentos da Igreja são disponibilizados em PDF. Eles conheceram a Deus nos tempos da lamparina e da vela acesa. Mas o que seria então um abuso litúrgico? É muito fácil identificar. São aqueles atos fabricados de última hora, por leigos e clérigos mal formados. Não têm nada a ver com a história ou a tradição de um povo. São invencionices para tornar a liturgia mais atraente, como dancinhas, carros alegóricos, luzes coloridas e tantas bobagens que não ajudam em nada na evangelização. Ostensórios suspensos no ar, estouro de champanhes, toque de berrantes, enfim. Tentativas de chamar a atenção do público, que acabam por infantilizar os fiéis. Para resumir: devoção é aquilo que um povo cria para louvar a Deus. Profanação é aquilo que alguns inventam para agradar a assembleia. A prudência é mãe da sabedoria. Por isso, não se deixe levar pela primeira impressão. Observe com cuidado! Aquele vídeo que apareceu na minha linha do tempo é uma coisa antiga e mostra a devoção de um povo? Então, louve a Deus. Se não for, aí é outra história. Pe. Gabriel Vila Verde, via Facebook
Tags:
DevoçãoLiturgia
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
2
AVENIDO BROTHERS
Agnès Pinard Legry
Três irmãos são ordenados padres no mesmo dia
3
MARRIAGE
Matrimonio cristiano
Beijar a aliança todos os dias: uma indulgência especial aos casa...
4
COMMUNION
Philip Kosloski
Oração ao seu anjo da guarda antes de receber a comunhão
5
Aleteia Brasil
O segredo da cidade bósnia onde jamais houve um divórcio
6
Reportagem local
O grande crucifixo submerso que só pode ser visto quando o lago c...
7
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia