Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Alimente o seu espírito. Receba grátis os artigos da Aleteia toda manhã.
Inscreva-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Que desculpa você dá para não rezar como Madre Teresa?

Foto: AFP Photo
Seu nome de nascimento é Anjezë Gonxhe Bojaxhiu. Ela adotou "Teresa" em homenagem à Santa Teresa de Lisieux - padroeira dos missionários.
Compartilhar

Será que você é mais ocupado(a) do que ela?

Quantas vezes afirmamos que não temos tempo para rezar? Será que isso é verdade? É possível não encontrar tempo para orar?

Bem, vejamos como era a programação diária de uma das pessoas mais ocupadas nos últimos 100 anos. Madre Teresa passava a maior parte do dia ajudando os mais pobres, cuidando de suas feridas e curando suas almas. Veja como era a agenda dela:

4:30-5:00 Despertar e higiene
5:00-6:30 Orações e Missas
6:30-8:00 Café da manhã 
8:00-12:00 Trabalho com os pobres
12:30-14:30 Almoço e descanso
14:30-15:00 Leitura espiritual e meditação
15:00-15:15 Pausa para o chá
15:15-16:30 Adoração
16:00-17:30 Trabalho com os pobres
17:30-21:00 Jantar e higiene
21:00-21:45 Orações da noite
21:45 Hora de dormir

Por mais ocupados que tenham sido seus dias, Madre Teresa sempre se dedicava  uma hora inteira à oração. Mais tarde, ela explicou por que essa era uma parte fundamental de sua agenda que ela impreterivelmente cumpria:

“Faço uma hora santa todos os dias na presença de Jesus no Santíssimo Sacramento. Todas as minhas irmãs das Missionárias da Caridade também fazem uma Hora Santa diária, porque descobrimos que, durante a Hora Santa diária, nosso amor por Jesus se torna mais íntimo, nosso amor um pelo outro mais compreensão e nosso amor pelos pobres mais compassivo. Nossa Hora Santa é a oração diária da família, onde nos reunimos e rezamos o Rosário diante do Santíssimo Sacramento exposto na primeira meia hora, e, na segunda meia hora, rezamos em silêncio. Nossa adoração dobrou o número de nossas vocações. Em 1963, estávamos fazendo uma Hora Santa semanalmente juntos, mas foi somente em 1973, quando começamos nossa Hora Santa, que nossa comunidade começou a crescer e florescer.”

Alguns podem dizer que a hora que Madre Teresa destinava à oração poderia ter sido mais aproveitada através do serviço os pobres. Porém, na realidade, foi sua hora santa que alimentou seu amor pelos pobres. Ela não poderia ter feito o que fez sem a graça de Deus.

Nem todos são chamados a passar uma hora inteira de oração todos os dias, mas todos são desafiados a dedicar um período de tempo a Deus. Não é preciso estar em uma igreja ou capela, mas esse hábito deve fazer parte de sua programação diária.

Dê uma olhada na sua agenda e veja quanto tempo você pode dedicar à oração. Comece aos poucos, e depois de conquistar cinco ou 10 minutos por dia, tente 15 e 20 minutos.

Pense em sua oração diária como um posto de combustível. Você precisa ter um tanque cheio para enfrentar as muitas tensões da vida. Madre Teresa entendia essa realidade e sempre começava o dia com oração, por mais ocupada que fosse.

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.