Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 30 Outubro |
Santo Angelo de Acri
home iconCultura e Viagem
line break icon

“Cripta dos Papas”, na Catacumba de Calisto, guarda os restos de 16 papas

Dnalor 01-CC

CATACOMB-ROME

Daniel R. Esparza - publicado em 17/10/19

Também é conhecida como “Pequeno Vaticano"

Ao longo da antiga Via Appia romana, encontramos três conjuntos de catacumbas. O primeiro, as catacumbas de São Sebastião, têm mais de dois quilômetros de extensão e estão distribuídas em quatro andares.

Lá, várias pinturas dos primeiros dias do cristianismo ainda são visíveis, juntamente com estuque e mosaicos grafitados. Além disso, a Basílica de São Sebastião, construída dentro das catacumbas, é um dos sete destinos para os peregrinos que visitam a Cidade Eterna.

Já as catacumbas de Santa Domitilla abrigam mais de 150.000 túmulos, também distribuídos em quatro níveis, e se estendem por mais de 15 quilômetros subterrâneos. Suas pinturas murais são provavelmente as mais famosas de toda arte cristã primitiva. É aqui que se encontra, por exemplo, o notável afresco do século 3 do Bom Pastor.

Mas as catacumbas de Calisto são sem dúvida as maiores, mais longas e mais complexas delas. Construídas entre os anos 250 e 300, suas galerias ocupam mais de 15 hectares, têm mais de 20 quilômetros e chegam a 60 metros de profundidade.

Essas catacumbas recebem o nome do diácono São Calisto (Callixtus), a quem o Papa Zeferino nomeou como administrador deste cemitério. De fato, foi Zeferino quem transformou essas catacumbas no cemitério oficial da Igreja Romana. Essa é a razão pela qual encontramos nela a famosa “Cripta dos Papas”.

Referida como “o Pequeno Vaticano”, essa área já preservou os restos mortais de 16 papas e de 50 mártires. Nove desses papas foram enterrados diretamente na Cripta dos Papas, incluindo o Papa Ponciano, o Papa Antero, o Papa Fabiano, o Papa Lúcio I e o Papa Eutiquiano.

Mas a “Cripta dos Papas” rapidamente se encheu no século IV, então novos papas tiveram que ser enterrados nas catacumbas próximas. Encontramos as tumbas do Papa Calisto I e do Papa Júlio I na catacumba de Calepodio, as do Papa Anastácio I e do Papa Inocêncio I na Catacumba de Ponciano, e as do Papa Bonifácio I na Catacumba de Santa Felicidade.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
História da IgrejaMortepapasromaViagem
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia