Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Descubra o maior crucifixo do mundo

CROSS IN THE WOODS; MICHIGAN
Compartilhar

Um dos santuários mais visitados dos Estados Unidos

Quando pensamos em crucifixos impressionantes, lugares como Roma ou Jerusalém nos vêm à mente. No entanto, o maior crucifixo do mundo está no meio  de uma floresta, em Michigan, nos Estados Unidos.

A “Cruz no Bosque” é obra do escultor americano Marshall Fredricks, que montou a majestosa escultura de madeira e bronze depois de ser contratado para criar uma peça muito menor (a comissão original solicitava um crucifixo de cerca de dois metros de altura).

A paróquia de Indian River foi que pediu a Fredricks para construir o crucifixo em uma área rural que, em 1946, foi designada como o local de culto para os paroquianos locais que moravam longe da igreja mais próxima.

Fredricks levou quatro anos para concluir a escultura majestosa, que pesa sete toneladas e mede oito metros e meio de altura. Depois de obter permissão especial do Vaticano para representar Cristo sem a coroa de espinhos, Fredricks esculpiu o rosto de Jesus em um ambiente pacífico, expressão que ainda hoje inspira admiração entre os visitantes.

Concluído o modelo de gesso, Fredericks pediu à empresa Kristians-Kunst Metalstobori, em Oslo, na Noruega, que o fundisse em bronze. A estátua de sete toneladas foi, então, enviada através do Atlântico, tornando-a uma das esculturas mais pesadas já enviadas da Europa para os EUA.

A figura de Cristo foi colada ao crucifixo em 1959. Desde então, o crucifixo mais alto do mundo ajudou a colocar a zona rural de Michigan no mapa do turismo católico, atraindo mais de 300.000 visitantes por ano.

 

 

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.