Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

O verdadeiro amor tem a forma de cruz, não de coração

BŁĘDY ZGODY MAŁŻEŃSKIEJ
Pexels | CC0
Compartilhar

O casamento é um testemunho maravilhoso, especialmente quando as coisas ficam difíceis

Por Antonio e Luisa De Rosa

O matrimônio tende a ser visto como mera forma de gratificação afetiva, que se pode constituir de qualquer maneira e modificar-se de acordo com a sensibilidade de cada um. Mas a contribuição indispensável do matrimônio à sociedade supera o nível da afetividade e o das necessidades ocasionais do casal. (Papa Francisco, Exortação Apostólica Evangelii gaudium)

O Papa está nos dizendo que o casamento é um forma maravilhosa de testemunho. Não apenas quando as coisas estão boas. Nesse caso, o casal cristão, paradoxalmente, não difere muito daqueles que não são casados sacramentalmente. Especialmente quando as coisas ficam difíceis. É aí que o casal em Cristo pode dar um testemunho maravilhoso. Pode mostrar a grandeza e a profecia da fidelidade, pode tornar a fidelidade de Cristo presente novamente, pode tornar concreto o sacrifício da cruz, que foi o maior presente de amor de Jesus para cada um de nós.

A cruz está fora de moda. A cruz é escandalosa. O mundo de hoje a rejeita. A cruz nos lembra que às vezes amar também significa abraçá-la. A cruz nos lembra que o amor é um trabalho árduo, que o amor é uma escolha, que o amor nos pede tudo.

A cruz é um sinal do amor de Jesus. Eu li em algum lugar que o amor não tem forma de coração, mas de cruz. O coração símbolo do sentimento e a cruz, da vontade. Jesus nunca teria ido à cruz por meros sentimentos. Ele o fez como expressão da vontade. Para fazer a vontade do Pai e salvar todos nós.

O mundo diz que o amor é apenas paixão e sentimento. Deus diz que a paixão e o sentimento são bons, mas o amor se torna pleno e autêntico quando consegue ir além e é capaz de sacrifício.

O mundo diz que o sexo é sempre positivo, se desejado por ambos. Deus diz que o sexo é abençoado quando é a expressão de uma união conjugal. Uma só carne sinal de um só coração.

O mundo diz que ele(ela) deve merecer o seu amor. Deus diz o amor é gratuito e imerecido.

O mundo diz que a lei de Deus faz de você um escravo e o impede de ser feliz. Deus lhe diz que somente aceitando Sua lei, você também pode ser livre para amar.

O mundo diz que você será feliz se você se tornar o centro das atenções. Deus pede que você faça do outro o centro do seu amor e somente se você se dedicar aos outros, também encontrará o centro da sua alegria.

O mundo diz que o amor não existe para sempre. Deus lhe diz que o amor é eterno. Essa é a alegria do Evangelho. Testemunhar com a nossa vida torna-se a evangelização mais poderosa que pode haver, porque toda pessoa quer amar e ser amada.

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.