Aleteia
Quarta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma
Atualidade

Cronologia da escalada dos protestos no Chile

CHILE

Twitter-@Ejercito_Chile

Agências de Notícias - publicado em 21/10/19

Até o momento, 11 mortes foram registradas

Manifestações contra o aumento da passagem do metrô em Santiago resultaram em violência na sexta-feira (18), desencadeando vários protestos contra o custo de vida e a desigualdade social, e o envio de milhares de soldados e agentes policiais. Até o momento, 11 mortes foram registradas.

Segue abaixo um resumo dos distúrbios mais graves no Chile em décadas:

– Queima de estações de metrô –

Em 18 de outubro, protestos contra o aumento do preço da passagem de metrô nos horários de pico levaram a confrontos entre manifestantes e policiais em Santiago.

A violência aumentou durante a noite, e várias estações de metrô foram atacadas com coquetéis molotov.

As 136 estações que compõem a rede de metrô sofreram ataques, muitas com danos consideráveis, e algumas, completamente queimadas. O serviço ferroviário foi temporariamente suspenso.

Pelo menos 16 ônibus foram queimados nas ruas. Grupos de manifestantes também incendiaram o prédio da companhia de eletricidade ENEL e uma filial do Banco do Chile.

Depois da meia-noite, o presidente Sebastián Piñera declarou estado de emergência e ordenou o envio de militares às ruas de Santiago.

– Incêndios deliberados –

Em 19 de outubro, centenas de soldados patrulhavam a capital do Chile pela primeira vez desde o retorno à democracia em 1990.

Milhares de pessoas voltaram às ruas para protestar. Também foram registradas mobilizações contra o governo em outras cidades, como Viña del Mar e Valparaíso.

Manifestantes encapuzados enfrentaram policiais e soldados em diferentes partes de Santiago, mesmo nos arredores do Palácio de La Moneda, sede do governo.

Mais locais foram incendiados, incluindo outra estação de metrô, supermercados e lojas.

Em Valparaíso, o prédio do jornal mais antigo do Chile, “El Mercurio”, foi incendiado.

As autoridades informam que mais de 300 prisões foram efetuadas. O número oficial de feridos é de 156 policiais e 11 civis.

Piñera desistiu do aumento do preço do metrô e pediu diálogo. Um toque de recolher noturno foi imposto em Santiago.

– Primeiras mortes –

Em 20 de outubro, os tumultos continuaram. Duas mulheres morreram queimadas na madrugada durante um incêndio em uma loja da rede Walmart em Santiago.

A polícia e os militares passaram a usar jatos d’água e gás lacrimogêneo para reprimir os manifestantes em Santiago, para onde 10 mil homens foram enviados, incluindo policiais e militares.

Manifestantes atearam fogo a uma fábrica de roupas no subúrbio de Renca. O incêndio causou a morte de cinco pessoas.

O transporte público foi quase completamente paralisado em Santiago. As lojas permaneceram fechadas, e os voos de e para o aeroporto da capital foram cancelados.

Os números oficiais falam de 103 incidentes graves em todo país, com 1.462 detidos: 614 em Santiago, e 848, em outras regiões.

“Estamos em guerra contra um inimigo poderoso e implacável”, disse Piñera a repórteres após uma reunião de emergência.

O toque de recolher em Santiago foi imposto pela segunda noite consecutiva, e o estado de emergência declarado em outras nove regiões do país.

O número de mortos sobe para 11.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
violência contra padres no Brasil
Francisco Vêneto
Outubro de cruz para padres no Brasil: um per...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
SAINT JOSEPH SLEEPS
Philip Kosloski
Durma em paz com esta breve oração a São José
Pe. Gilmar
Reportagem local
Padre é encontrado após três dias desaparecid...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia