Aleteia

Bispo polonês: “Rezar o Santo Rosário é indispensável para superar o mal”

woman hands praying
By PopTika/Shutterstock
Compartilhar

Ele é o pastor da primeira diocese polonesa a nomear São João Paulo II como seu santo padroeiro

A diocese polonesa de Swidnica, a primeira do país em nomear São João Paulo II como seu santo padroeiro, acaba de completar 15 anos de existência. Em ação de graças, o bispo dom Ignacy Dec celebrou a Solene Eucaristia juntamente com o núncio apostólico na Polônia, dom Salvatore Pennacchio, seguida de procissão e da oração do Santo Rosário.

No final da Missa, dom Ignacy convidou os fiéis a confrontarem o mal com o bem e a vencerem a mentira com a verdade:

“No aniversário de 35 anos da morte do mártir pe. Jerzy Popieluszko, retornemos ao seu ensinamento e testemunho de vida. No dia da sua morte, ele afirmou: ‘É dever do cristão defender a verdade, inclusive quando isto lhe custar muito caro’ (…) Rezar o rosário é muito necessário para superarmos o mal que ainda está presente e nos ameaça”.

Dom Ignacy também destacou que a defesa da vida é uma das principais batalhas a que estamos chamados e recordou que ela foi tema fundamental do ministério apostólico do Papa São João Paulo II:

“Ele qualificou uma civilização contrária à vida como bárbara. As palavras do Papa ainda são válidas”.

Lembrando ainda que o rosário foi muito enfatizado na mensagem de Fátima, o bispo completou o convite:

“Unamo-nos às pessoas que rezam juntas o rosário”.

Boletim
Receba Aleteia todo dia