Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Alimente o seu espírito. Receba grátis os artigos da Aleteia toda manhã.
Inscreva-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

EUA limita a Havana seus voos para Cuba

CUBA
Shutterstock | worledit
Compartilhar

Esta medida obrigou a estatal Cubana de Aviação a suspender seus voos para México, Venezuela e outros destinos do Caribe

O Departamento americano dos Transportes suspendeu a autorização para as empresas aéreas dos Estados Unidos voarem para Cuba, à exceção do Aeroporto Internacional José Martí, de Havana.

Esta medida foi adotada “a pedido do departamento de Estado”, disseram nesta sexta-feira as autoridades, acrescentando que a medida entrará em vigor em 45 dias.

O secretário de Estado, Mike Pompeo, pediu em uma carta ao departamento dos Transportes que suspenda a autorização dos voos para reforçar as sanções contra o governo em Havana pela “repressão a seu próprio povo, além de seu contínuo apoio” ao governo de Nicolás Maduro na Venezuela.

Segundo o departamento de Transportes, esta medida afeta nove aeroportos internacionais, incluindo o de Santiago de Cuba.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tem intensificado o embargo que aplica à Ilha desde 1962, revertendo a abertura adotada por seu predecessor, Barack Obama, e aplicando medidas que afetam o turismo, investimentos e o envio de combustível.

Na semana passada, o departamento de Comércio anunciou restrições para impedir que o governo cubano arrende aviões para suas empresas aéreas estatais.

Esta medida obrigou a estatal Cubana de Aviação a suspender seus voos para México, Venezuela e outros destinos do Caribe.

(AFP)

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.