Aleteia
Segunda-feira 19 Outubro |
Santos Mártires Canadenses
Religião

A teologia da prosperidade infiltrada na Igreja como "coaching cristão"

KONFERENCJA MOTYWACYJNA

Shutterstock

Aleteia Brasil - publicado em 28/10/19

"Adaptam as parábolas do Senhor às suas afirmações particulares, dando-lhes uma aparência de veracidade"

O pe. Luiz Augusto Ferreira da Silva publicou no jornal goiano Diário da Manhã, em 26 de setembro, um artigo em que aborda contradições ligadas a formas deturpadas de “coaching” que trazem para dentro da Igreja a assim chamada “teologia da prosperidade”.

O sacerdote cita algumas das várias formas questionáveis de abordagem adotadas por adeptos dessa forma de coaching, como, por exemplo:

“Durante todo o tempo de sua existência, a Igreja católica usou dos pecados capitais para impedir que seus fiéis tivessem ascensão financeira. Segundo eles, esses pecados devem ser abolidos; o coaching abre os olhos dos fiéis católicos e lhes dá as ferramentas para obterem prosperidade financeira, ascensão social; Jesus era próspero, muito rico mesmo, pois exercia uma profissão muito nobre, carpinteiro; Jesus tinha casa no mar da Galileia, algo só possível aos abastados; Ele tinha muito dinheiro, por isso Judas era seu tesoureiro”.

O pe. Luiz comenta:

“Diante dessas falácias e tantas heresias sustentadas pelos ‘coachs cristãos’, vemos a fé católica sendo ferida na sua integridade, ao mesmo tempo em que é um desvio e deslealdade à exigente imitação de Cristo: ‘Não podeis servir a Deus e à riqueza’. A ascensão do coaching na Igreja católica seduz milhares de fiéis com a apresentação de um Deus mágico, que abole qualquer tipo de sacrifício”.“Tal é o modelo deles que nem os profetas o anunciaram, nem o Senhor o ensinou, nem os apóstolos o transmitiram, mas eles se orgulham de ter dele um conhecimento perfeito, muito além de todos os outros. Eles recolhem suas opiniões de outras fontes que não são as Escrituras; e, para usar um provérbio comum, eles se esforçam para tecer cordas de areia, lutando para adaptar as parábolas do Senhor, as palavras dos profetas e as palavras dos apóstolos às suas afirmações particulares, dando-lhes uma aparência de veracidade”.

O sacerdote também denuncia o uso de um suposto serviço evangélico para fins de lucro pessoal:

“‘Ninguém pode servir a dois senhores. Por isso não podeis servir a Deus e ao dinheiro’. Poucas frases do Evangelho, como essa, colocam o homem diante de uma escolha tão precisa e radical: ou Deus ou o dinheiro. Não se trata do dinheiro que serve à vida, mas o dinheiro que se torna fim. Esse dinheiro, como finalidade de vida, Senhor, em lugar de Deus, é o grande ídolo, que tem numerosos adoradores também entre os cristãos de hoje (…) Em certos ambientes, parece até que não se sabe falar de outra coisa a não ser de dinheiro: de como ganhá-lo, de quanto ganham os amigos. Todos, mais ou menos, estamos envolvidos nessa nova idolatria. Perguntemo-nos antes o que devemos fazer como cristãos. Antes de ser uma ofensa a Deus, essa idolatria do dinheiro é uma escravidão”.

E é firme ao apontar a teologia da prosperidade como um inimigo que se infiltrou na Igreja:

“Como cristãos, não podemos hesitar um instante sequer. Esse é, precisamente, nosso dever de hoje: exorcizar de dentro da Igreja de Jesus Cristo a teologia da prosperidade, que cria um Deus mágico; um Deus segundo o que se pensa e o que se sente e que faz de Deus meio”.
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Dinheiro
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Char...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
FATIMA
Philip Kosloski
Fotos raras dos 3 pastorinhos de Fátima
POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE
Reportagem local
As 3 orações que o Papa pediu para rezarmos e...
Pe. Gilmar
Reportagem local
Brasil: padre desaparece e manda mensagem com...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia