Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Alimente o seu espírito. Receba grátis os artigos da Aleteia toda manhã.
Inscreva-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

O primeiro Halloween começou com um exorcismo

Compartilhar

As origens do Halloween estão enraizadas em um exorcismo maciço realizado no século VII

A palavra “Halloween” é uma abreviação escocesa da frase “Allhallow-even”, que significa literalmente “All Holy Evening” e data do século XVIII. Os ingleses têm uma frase semelhante, “All Hallows ‘Eve”, com o mesmo significado.

As duas expressões denotam a noite anterior ao Dia de Todos os Santos, que é 1º de novembro, e se referem à celebração dos homens e mulheres santos que são reconhecidos na Igreja Católica como residindo no Céu.

As origens dessa festa em particular remontam a 13 de maio de 610, quando o Papa Bonifácio IV consagrou um antigo templo romano, dando-lhe o novo título de Santa Maria e os Mártires. Construído pelo imperador Agripa e concluído por volta de 126, este templo fora anteriormente dedicado a todos os deuses pagãos. Hoje é conhecido como o “Panteão” em referência a essa dedicação original, e continua sendo uma maravilha arquitetônica do mundo antigo.

O Papa Gregório VII transferiu a festa do Panteão de 13 de maio a 1º de novembro, combinando-a com outros dias da festa para criar o “Dia de Todos os Santos”.

A Igreja Católica tem uma tradição de fazer orações de exorcismo ao dedicar um edifício à adoração a Deus. Esse era especialmente o caso no Império Romano, quando muitos templos pagãos foram transformados em igrejas cristãs. Os deuses pagãos eram vistos pelos cristãos como “demônios”, e era necessário expulsar sua presença de um edifício antes que o culto cristão pudesse ser oferecido ali.

Um exorcismo teria sido necessário para transformar o Panteão em uma igreja cristã dedicada à Virgem Maria e aos santos. Os exorcismos eram uma liturgia popular da Igreja primitiva e alguns historiadores afirmam se tratar do rito mais amplamente celebrado durante os primeiros séculos. É também por isso que a festa de Todos os Santos é tradicionalmente vista no contexto como um triunfo sobre o paganismo.

Segundo o St. Andrew Daily Missal, por causa dessa ligação, o Dia de Todos os Santos celebra o triunfo de Cristo sobre os falsos deuses dos pagãos e a dedicação original da igreja [o Panteão] para o uso na Missa.

Dessa maneira, o primeiro “Halloween” começou com um exorcismo, expulsando os espíritos das trevas para abrir caminho para a adoração a Deus, a verdadeira luz do mundo.

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.