Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 29 Outubro |
São Colmano
home iconHistórias Inspiradoras
line break icon

Avô brasileiro cria bicicleta para neta com paralisia cerebral

Roseli Bonfim Acunha / Arquivo Pessoal (via Sempre Família)

Aleteia Brasil - Sempre Família - publicado em 04/11/19

"Era o sonho dela", resume Clóvis

Emily Bonfim Camargo sofre de paralisia cerebral. Seus movimentos involuntários a impedem de segurar objetos com as mãos ou de ficar em pé. Ela jamais conseguiu caminhar, mas, ainda assim, sonhava com o dia em que poderia andar de bicicleta como as outras crianças.

“Esse era o sonho dela e eu tinha que fazer algo para ajudar”.

Quem faz esta afirmação é o avô, Clóvis Urias dos Santos. Ele chegou a comprar um triciclo para a neta se divertir pelas ruas de Sidrolândia, no interior de Mato Grosso do Sul, mas a tentativa não deu certo: a menina de 10 anos não conseguia segurar o guidão nem manter o equilíbrio.

“Foi aí que decidi fazer uma bicicleta diferente que ela pudesse usar”.

O pedreiro de 69 anos começou então a desmontar cadeiras e separar materiais na oficina que improvisou em pleno quintal de casa.

“Usei duas cadeiras para montar tudo, três rodas, instalei o pedal com freio e não coloquei guidão”.

Sabendo que a neta gosta de ir ao supermercado e à padaria com a família, o zeloso avô instalou ainda uma cesta atrás do assento, para que Emily carregue algumas compras ou apoie a mochila no caminho para a escola.

“Depois que a bicicleta estava pronta, pintei de rosa e roxo porque a Emily escolheu essas cores. Ela ficou muito feliz e eu fiquei mais ainda”.

De fato, Clóvis não conteve a emoção ao ver a alegria da neta pedalando a sua invenção pela primeira vez.

A mãe de Emily, Roseli Bonfim Acunha, de 27 anos, conta que o sonho da filha era antigo e que o avô já tinha criado um carrinho diferente para que ela se locomovesse pela casa.

“Eu falava que era um skate, porque tinha quatro rodinhas e uma cadeira em cima, que meu sogro ia aumentando à medida que ela crescia”.

Mas Emily vivia pedindo mesmo era uma bicicleta.

“Ela falava tanto nisso que cheguei a fazer uma foto dela em cima de uma, como se estivesse pedalando. Aí coloquei a imagem num quadro e a Emily só ficava olhando para ele. Aquilo partia o nosso coração”.

Roseli conta que os médicos não constataram a doença da filha quando ela nasceu. Mesmo mais tarde, após os cinco meses de idade, os primeiros médicos consultados ainda diziam que a menina só precisava de mais estímulos para sentar ou brincar. As pessoas comentavam que Emily era uma bebê “muito parada” e que isso não era normal, mas Roseli diz que não queria acreditar nisso.

“Um neurologista acabou nos dando a triste notícia”.

A paralisia cerebral conta com alguns remédios para diminuir os movimentos musculares involuntários, mas não tem cura nem possibilidade conhecida atualmente de reversão dos danos causados ao cérebro. É por isso que Emily não tem controle dos membros superiores, não caminha e experimenta dificuldades para acompanhar os colegas de escola.

“Ela escreve com o pé esquerdo, aprende de forma mais lenta que as outras crianças e sente bastante dor”.

O aprendizado da garota, segundo Roseli, melhoraria bastante com o uso de um computador com teclado multifuncional usado por pessoas que digitam com os pés.

“Só que o equipamento custa mais de R$ 3 mil e não temos esse valor”.

Doadores dispostos a colaborar podem contatar Roseli pelo telefone (67) 99911-5022.

__________

A partir de matéria do Sempre Família


POPE GENERAL AUDIENCE ELDERLY

Leia também:
Papa: cuidar dos idosos e das crianças é sinal da presença de Deus

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
CriançasDoençaFamília
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia