Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 30 Outubro |
Santo Angelo de Acri
home iconEstilo de vida
line break icon

Como trabalhar o desejo da carne?

BUSINESSMAN

By marvent | Shutterstock

Padre Reginaldo Manzotti - publicado em 18/11/19

O belo tem que ser olhado, mas entre olhar e alimentar o desejo tem uma grande diferença

“Não cobiçarás a casa do teu próximo; não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem seu escravo, nem sua escrava, nem seu boi, nem seu jumento, nem nada do que lhe pertence”. (Ex 20, 17).

Esse é o nono dos Dez Mandamentos da Lei de Deus e Jesus. O Evangelho de Mateus também se refere a ele com a seguinte citação:

“Eu, porém, vos digo: todo aquele que lançar um olhar de cobiça para uma mulher, já adulterou com ela em seu coração”. (Mt 5, 28)

Este mandamento proíbe a cobiça da carne, seja do homem ou da mulher. O ser

humano é um ser completo composto de espírito e corpo – e a própria Palavra de Deus coloca certa tensão entre o espírito e a carne.

São João nos explica três espécies de cobiça ou de concupiscência, como

também é conhecida: a da carne, a dos olhos e a soberba da vida:

“Não ameis o mundo nem as coisas do mundo. Se alguém ama o mundo, não está nele o amor do Pai. Porque tudo o que há no mundo – a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida – não procede do Pai, mas do mundo. O mundo passa com as suas concupiscências, mas quem cumpre a vontade de Deus permanece eternamente”. (1Jo 2, 15-17)

O coração é um órgão, mas na teologia espiritual é como o centro da

personalidade moral da pessoa humana. Disse Jesus:

“Porque é do coração que provêm os maus pensamentos, os homicídios, os adultérios, as impurezas, os furtos, os falsos testemunhos, as calúnias”. (Mt 15, 19)

É um erro e exagero achar que o mal vem de fora, pois ele age dentro de nós.

Não esqueçamos que o inimigo perdeu tudo, menos a inteligência angelical. Ele é um camaleão, astuto e se apresenta a nós de uma forma sedutora e ele entra em nosso interior e descobre o que mais nos fascina e se mascara com aquela fascinação para nos atrair.

Mas como trabalhar esse desejo da carne? Lembremos o que disse Jesus: “Bem-Aventurados os puros de coração, porque verão a Deus”. Por isso, se o coração é a fonte do mal, temos que purificá-lo, de preferência em três níveis: na caridade, na castidade ou retidão sexual e no amor à verdade e à ortodoxia da fé.

A pureza do coração é uma luta, pois todo ser humano vive a sexualidade. Mas

como lutar? Primeiro pela virtude do dom da castidade, que permite amar com o

coração reto.

Segundo, pela pureza de intenções. Pureza no olhar, interior e exterior.

Disciplinar os sentimentos e a imaginação. Por exemplo, o belo tem que ser olhado, mas entre olhar e alimentar o desejo tem uma grande diferença. É preciso ter domínio, disciplina nos sentimentos e na imaginação. No Livro da Sabedoria encontramos o texto:

“A vista excita os desejos dos insensatos, fantasma inanimado de uma imagem sem vida que provoca a paixão!” (Sb 15, 5).

O pudor também preserva a intimidade da pessoa. É a temperança, é orientar o

olhar, os gestos em conformidade com a dignidade da pessoa. O pudor é o respeito à pessoa.

Mas como dominar essas paixões desorientadas? Através de muita oração e do

pensamento em Deus. Não é negar a sexualidade, pois a Igreja não é contra a

sexualidade. E Deus não quer que nos castremos. É fazer da castidade uma virtude, o que pode ser difícil, mas não impossível.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
MandamentosSexualidade
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia