Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 17 Janeiro |
home iconAtualidade
line break icon

Brasil: governo criará canal para pais denunciarem abusos morais em escolas

BOYS

Shutterstock | DGLimages

Aleteia Brasil - publicado em 20/11/19

"Queremos uma parceria de escola e família: que a família seja consultada, mas não delegando as suas responsabilidades", afirmou ministra

O governo federal brasileiro está criando um canal de comunicação para que pais de alunos possam denunciar casos de abuso moral verificados em escolas. A notícia foi dada pela ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves, nesta terça-feira, 19, quando participou de audiência pública em Belo Horizonte sobre suicídio e automutilação entre jovens.

“O canal está sendo formatado entre os ministérios da Educação e dos Direitos Humanos. Vai ser anunciado em breve. O que queremos é somente o cumprimento da lei. O Brasil é signatário do Pacto de São José da Costa Rica. Lá está dizendo que a escola não pode ensinar nada que atente contra a moral, a religião e a ética da família”.

A ministra citou o recente caso de um professor do Distrito Federal que, durante uma aula de português para alunos de 11 e 12 anos de idade, escreveu no quadro uma série de expressões chulas ligadas a práticas sexuais, além de explicar às crianças o significado de cada respectiva prática – de masturbação a sexo anal. O episódio gerou indignação entre pais de alunos, repercutiu em todo o país e levou a escola a comunicar o desligamento do professor, que, em sua defesa, alegou não ter recebido adequado treinamento da instituição.

A ministra acrescentou:

“A família precisa ser ouvida. O que queremos trabalhar no Brasil é uma parceria de escola e família. A família sendo consultada, mas não delegando suas responsabilidades”.




Leia também:
Menino de 2 anos obrigado a se transformar em menina: uma tortura documentada

Tags:
EducaçãoIdeologia
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
Aleteia Brasil
Na íntegra: as três partes do Segredo de Fáti...
UNPLANNED
Jaime Septién
Filme contra o aborto arrasa nas bilheterias ...
BABY BAPTISM
Padre Reginaldo Manzotti
Por que é tão importante batizar uma criança?
Deserto de Negev
Francisco Vêneto
Pedra de 1.400 anos com inscrição mariana é e...
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens pode...
Reportagem local
Papa Francisco: cuidado com os cristãos que s...
POPE JOHN PAUL II
Philip Kosloski
"Não tenhais medo": a frase mais usada por Sã...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia