Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Cardeal Sarah aos educadores católicos: “Talvez haja aí novos Tomases de Aquino”

ROBERT SARAH
Compartilhar

“O mestre católico mostra, no seu ensino, a harmonia do conhecimento humano e a sua compreensão da vida a serviço da verdade do Evangelho”

O cardeal Robert Sarah, prefeito da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, esteve em Jasna Gora, na Polônia, para participar na semana passada do 30º Foro Nacional de Escolas Católicas. Motivando os educadores a testemunharem a fé, ele destacou o exemplo de Santo Alberto Magno, um mestre que soube direcionar com excelência o talento intelectual do mais famoso e influente dos seus alunos: São Tomás de Aquino.

Sarah enfatizou que a missão do educador “lembra os esforços do camponês que cultiva terras tantas vezes áridas, cobertas de ervas daninhas depois da colheita de outono”.

E complementou, diante dos cerca de 500 diretores e professores inscritos no evento:

“Nunca perca a esperança nos seus discípulos: confie. Talvez haja novos Tomases de Aquino entre eles. Ajam como Santo Alberto Magno: deem aos seus alunos o exemplo da mente curiosa por descobrir o mundo e apaixonada pela sabedoria”.

Exemplo e testemunho foram palavras-chave da fala do cardeal:

“O mestre católico mostra, no seu ensino, a harmonia do conhecimento humano e a sua compreensão da vida de compromisso a serviço da verdade do Evangelho. O trabalho de evangelização nunca é uma simples adaptação a diferentes culturas; é também, sempre, uma purificação, uma ruptura audaz, que se transforma em maturidade e em cura, uma abertura que permite o nascimento de uma nova criação, fruto do Espírito Santo. Peçamos a graça de um estado de alerta, de um estado de oração tanto no estudo quanto no ensino”.

Boletim
Receba Aleteia todo dia