Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 28 Julho |
São Botvido
home iconReligião
line break icon

Papa sobre armas nucleares: crime contra o ser humano e o futuro

St. Louis Hospital

Handout | VATICAN MEDIA | AFP

Vatican News - publicado em 24/11/19

"O uso da energia atômica para fins de guerra é, hoje mais do que nunca, um crime", disse o Papa Francisco em Hiroshima

O Papa Francisco visitou neste domingo Hiroshima, onde falou sobre a bomba atômica: o trágico instante em que tudo “foi devorado por um buraco negro de destruição e morte”.

“Aqui, faço memória de todas as vítimas e inclino-me perante a força e a dignidade das pessoas que, tendo sobrevivido àqueles primeiros momentos, suportaram nos seus corpos durante muitos anos os sofrimentos mais agudos e, nas suas mentes, os germes da morte que continuaram a consumir a sua energia vital”, disse o Santo Padre.

Em seguida, Francisco afirmou que quis ir a Hiroshima como “peregrino da paz”, para “me deter em oração, recordando as vítimas inocentes de tanta violência e trazendo no coração também as súplicas e anseios dos homens e mulheres do nosso tempo, especialmente dos jovens, que desejam a paz, trabalham pela paz, sacrificam-se pela paz”.

“Desejo reiterar – afirma – com convicção, que o uso da energia atômica para fins de guerra é, hoje mais do que nunca, um crime não só contra o homem e a sua dignidade, mas também contra toda a possibilidade de futuro na nossa casa comum”.

Ele afirmou ainda que: “o uso da energia atômica para fins de guerra é imoral, assim como é imoral a posse de armas nucleares, como eu já disse há dois anos. Seremos julgados por isso”.

“Estou convencido de que a paz não passa de um ‘som de palavras’, se não se fundar na verdade, se não se construir segundo a justiça, se não se animar e consumar no amor, e se não se realizar na liberdade”. Assim como São Paulo VI: “Não se pode amar com armas ofensivas nas mãos”.

De acordo com o Papa, “quando nos rendemos à lógica das armas e afastamos da prática do diálogo, esquecemo-nos tragicamente que as armas, antes mesmo de causar vítimas e ruínas, têm a capacidade de provocar pesadelos”.

O Papa Francisco explicou: “é preciso recordar, caminhar juntos e proteger: são três imperativos morais que adquirem, precisamente aqui em Hiroshima, um significado ainda mais forte e universal e são capazes de abrir um verdadeiro caminho de paz.”

Mas para isso, “não podemos permitir que as atuais e as novas gerações percam a memória do que aconteceu, memória que é garantia e estímulo para construir um futuro mais justo e fraterno”. Temos que manter a memória viva, que ajude a dizer de geração em geração: nunca mais!”

“Somos chamados a caminhar unidos, com um olhar de compreensão e perdão. Abramo-nos à esperança, tornando-nos instrumentos de reconciliação e de paz. Isto será possível sempre, se formos capazes de nos proteger e reconhecer como irmãos em um destino comum”.

“Que sejam suplantados os interesses exclusivos de certos grupos, a fim de se atingir a grandeza daqueles que lutam corresponsavelmente para garantir um futuro comum”.

Em uma única súplica, aberta a Deus e a todos os homens e mulheres de boa vontade, em nome de todas as vítimas dos bombardeios, das experimentações atômicas e de todos os conflitos, elevemos juntos um grito: Nunca mais a guerra, nunca mais o fragor das armas, nunca mais tanto sofrimento!

(Com Vatican News)

Tags:
GuerraPapaPapa Francisco
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Reportagem local
A arrepiante oração de uma mulher no corredor da morte por ser ca...
2
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Charbel disse?
3
Ítalo Ferreira
Reportagem local
Ouro no surfe em Tóquio, Ítalo Ferreira reza todos os dias às 3h ...
4
CROSS;
Reportagem local
O que significa o sinal da cruz feito sobre a testa, os lábios e ...
5
CONFESSION, PRIEST, WOMAN
Julio De la Vega Hazas
Por que não posso me confessar diretamente com Deus?
6
JENNIFER CHRISTIE
Jeff Christie
Minha mulher engravidou de um estuprador – e eu acolhi o bebê nas...
7
Anna Gębalska-Berekets
O que falar (e o que não falar) a um ente querido com câncer
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia