Aleteia

O ano litúrgico e seus 3 ciclos: como saber se é A, B ou C?

ciclos litúrgicos A B C
CC
Compartilhar

Estamos terminando o ciclo C e nos preparando para começar, no Advento, o próximo ciclo A: mas por quê?

O ano litúrgico cristão passa por três ciclos, também chamados de anos A, B e C.

Cada ciclo tem a sua sequência própria de leituras do Antigo e do Novo Testamento na liturgia da Igreja, de modo que a distribuição dos textos bíblicos ao longo de três anos permita aos fiéis uma visão abrangente de toda a História da Salvação.

A Constituição Sacrosanctum Concilium nos pede:

“Prepare-se para os fiéis, com maior abundância, a mesa da Palavra de Deus: abram-se mais largamente os tesouros da Bíblia, de modo que, dentro de um período de tempo estabelecido, sejam lidas ao povo as partes mais importantes da Sagrada Escritura”.

Para isto, o rito romano organiza as leituras bíblicas da Celebração Eucarística de modo a se completarem a cada ciclo de três anos:

  • No ano “A”, a leitura principal (Evangelho) segue o Evangelho de São Mateus;
  • No ano “B”, o Evangelho de São Marcos;
  • No ano “C”, o Evangelho de São Lucas.

E o Evangelho de São João? Ele é reservado para ocasiões especiais, principalmente grandes festas e solenidades, com ênfase para a Semana Santa.

Como saber se o ciclo do ano litúrgico atual é A, B ou C?

Basta somar os algarismos do ano.

A referência é o ciclo C, que se aplica aos anos cuja soma de algarismos é divisível por 3.

2019, por exemplo: 2 + 0 + 1 + 9 = 12. Como o 12 é divisível por 3, temos aqui um ano do ciclo C.

Já os algarismos do ano 2020 somam 4, ou seja, 3 + 1. Logo, aplica-se o ciclo imediatamente posterior ao C, que é o retorno ao ciclo A. Da mesma forma, a soma dos algarismos de 2021 é 5, ou seja, 3 + 2. Logo, aplica-se o ciclo B. E 2022 volta a ser ciclo C porque a soma dos seus algarismos é 6, que é múltiplo de 3. Assim, sucessivamente.

É como se o ciclo começasse no primeiro ano da contagem cristã: o ano 1 teria sido ciclo A; o ano 2, ciclo B; o ano 3, ciclo C; e os anos 6, 9, 12, 15… novamente o ciclo C.

MAS ATENÇÃO: Cada ciclo começa junto com o respectivo ano litúrgico, ou seja, a partir da primeira semana do Advento. Isto significa que, liturgicamente, o ciclo correspondente a 2020 já começa ainda em 2019, no primeiro domingo do Advento, que será o próximo dia 1º de dezembro de 2019. Não é preciso esperar até 1º de janeiro de 2020 para entrarmos no ciclo A, já que o marco inicial não se baseia no ano civil, mas sim, é claro, no calendário litúrgico da Igreja.

Boletim
Receba Aleteia todo dia