Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

São Francisco Xavier nos encoraja a amar a Deus por apenas uma razão

Francis Xavier
Compartilhar

Pergunte a si mesmo, por que você ama a Deus?

Quando dizemos que “amamos a Deus”, às vezes nem sempre é pelas razões mais puras. Podemos amar a Deus porque ele nos abençoa com muitas graças ou porque curou nosso coração partido.

Embora basear nosso amor a Deus em eventos particulares de nossas vidas ou na promessa futura do Céu não seja ruim em si, São Francisco Xavier nos incentiva a amar a Deus por causa de quem ele é e por como nos amou primeiro.

Da maneira semelhante à qual uma criança ama os pais desde os primeiros momentos de sua vida, também devemos amar a Deus incondicionalmente. Esse tipo de amor pode suportar qualquer tipo de dificuldade e nos ajudará quando nos sentirmos sozinhos e abandonados.

Aqui está uma oração tradicionalmente atribuída a São Francisco Xavier, chamada “Hino do Amor”, que ilustra esse princípio básico, focando em como devemos amar a Deus não por causa de qualquer ganho futuro ou para evitar castigo, mas porque Deus é Deus e já mostrou as profundezas do seu amor por nós na cruz.

Ó Deus, eu te amo por ti mesmo
e não que eu possa ganhar o Céu;
nem porque aqueles que não Te amam
devam sofrer a dor eterna do Inferno.

Tu, ó meu Jesus! Por mim
abraçaste a Cruz;
por mim, suportaste e lança e os espinhos
e a desgraça múltipla;

E mágoas e tormentos sem número,
e suor de agonia;
a própria morte – e tudo por alguém
que era seu inimigo.

Então por que, ó abençoado Jesus Cristo,
não te amaria bem,
não por ganhar o Céu,
ou de escapar do Inferno;

não com a esperança de ganhar nada,
não buscando recompensa;
mas como a mim mesmo me amou,
ó Senhor sempre amoroso?

Então eu te amo e amarei,
e em Teu louvor cantarei,
só porque Tu és o meu Deus,
E o meu Eterno Rei.

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.