Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 31 Julho |
Santo Inácio de Loyola
home iconEstilo de vida
line break icon

A congregação formada só por irmãs com deficiência visual

Reportagem local - ACI Digital - publicado em 06/12/19

Quando o Senhor chama, não há barreiras que não possam ser superadas

As Filhas de Jesus Rei é uma congregação para religiosas com deficiência visual em Turim, na Itália.

A Irmã Lorena Logrono, é superiora da congregação e explicou à ACI Digital como  nasceu a instituição, há mais de 130 anos:

“Quando o Beato Giovanni Maria Boccardo ficou doente, deixou a Congregação das Pobres Filhas de São Caetano nas mãos de seu irmão Luigi, que também foi nomeado responsável do instituto de meninas cegas em Turim. Lá, uma jovem pediu ao Beato Luigi Boccardo para ser religiosa, mas não podia porque era cega. Algum tempo depois, ele recebeu a inspiração de fundar uma congregação para pessoas cegas, que tivesse o carisma das Pobres Irmãs de São Caetano, mas dedicadas à contemplação. E lá, em 1932, nasceu o ramo contemplativo Filhas de Jesus Rei”.

Irmã Lorena enxerga e pertence à Congregação das Pobres Filhas de São Caetano. Ela diz que as religiosas precisam de uma irmã que enxerga por questões práticas, como levá-las ao médico, por exemplo. Mas dentro do convento, tudo é adaptado e elas são independentes.

Atualmente, a Congregação Filhas de Jesus Rei é composta por oito religiosas que têm entre 38 e 100 anos.

Ir. Maria Patrizia Speculato é uma das Filhas de Jesus Rei. Ela tem 69 anos e entrou na congregação com 21. “Estudei fisioterapia em Florença, no instituto para pessoas cegas e lá conheci a congregação. Eu sentia o chamado do Senhor desde pequena e, embora tenha me afastado por um tempo, quando terminei de estudar, vi que o Senhor me chamava novamente. E suscitou de novo o desejo de me consagrar a Ele. Isso me permitiu ser capaz de superar todas as dificuldades para entrar, como deixar minha família que é de Nápoles e ir morar em Turim. Quando se tem vocação, faz-se tudo que seja necessário para segui-la”, disse a religiosa à ACI Digital.

A rotina

No dia a dia, as irmãs rezam a Liturgia das Horas completa traduzida para o Braille, assim como muitos outros livros de espiritualidade. Elas também realizam uma hora de adoração por dia, meditam uma hora pela manhã e meia à tarde, rezam o Terço e participam da Santa Missa.

Elas não usam bengalas para caminhar dentro do convento, pois conhecem bem o local.

As Filhas de Jesus Rei e as Irmãs Sacramentinas de Dom Orione são as únicas duas congregações religiosas que aceitam mulheres com deficiência visual.

Mais informações sobre as Filhas de Jesus Rei AQUI.

Com informações de ACI Digital

Tags:
Doençafreiras
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
SIMONE BILES
Cerith Gardiner
Simone Biles deixa as Olimpíadas com uma lição importante para to...
2
Ítalo Ferreira
Reportagem local
Ouro no surfe em Tóquio, Ítalo Ferreira rezou todos os dias às 3h...
3
Batizado de Davi Henrique, 6 anos
Reportagem local
Davi, de 6 anos, reclama do padre no batizado: “Tá sabendo ...
4
HIDILYN DIAZ
Cerith Gardiner
Olimpíadas: depois de ganhar o ouro, atleta exibe outra medalha e...
5
David Arias
Reportagem local
Ex-satanista mexicano retorna à Igreja e testemunha: “O ter...
6
Claudio de Castro
Como salvar nossas almas nos últimos minutos antes da morte
7
Pessoa idosa rezando o terço
Reportagem local
Brasil: carta de despedida de bisavó de 96 anos comove as redes s...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia