Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 31 Julho |
home iconAtualidade
line break icon

Cruz Vermelha critica politização da ajuda humanitária na Venezuela

VENEZUELA

Lisandro Casaña

Agências de Notícias - publicado em 08/12/19 - atualizado em 08/12/19

O colapso da economia sob a presidência de Nicolás Maduro gerou uma grave crise, que levou mais de 4,5 milhões de venezuelanos a abandonar aquele país

O presidente da Cruz Vermelha denunciou nesta segunda-feira a falta de fundos internacionais para ajudar os civis na Venezuela, e alertou para a “politização” da ajuda humanitária.

“Ajudar as pessoas na Venezuela (…) não é um ato político, é a única forma de aliviar seu sofrimento”, afirmou Francesco Rocca, presidente da Federação Internacional da Cruz Vermelha.

Segundo ele, até agora somente conseguiu arrecadar 10% dos 50 milhões de francos suíços (cerca de 200 milhões de reais) que a organização pediu em setembro para ajudar a Venezuela.

“Não é um problema de recursos, se trata de vontade política”, disse Rocca e advertiu que a falta de recursos significa falta de tratamentos médicos, medicamentos e alimentos vitais para o país.

Segundo o responsável, outras agências de Nações Unidas e instituições humanitárias enfrentam o mesmo problema, motivo pela qual muitas pessoas estão “morrendo de fome”.

“Alguém quer usar a população civil, seu desespero, como ferramenta para desestabilizar o país”, advertiu.

O colapso da economia sob a presidência de Nicolás Maduro gerou uma grave crise, que levou mais de 4,5 milhões de venezuelanos a abandonar aquele país.

Segundo o funcionário da Cruz Vermelha, outros pedidos de ajuda não enfrentam os mesmos problemas.

“O paradoxo é que para nós é mais fácil arrecadar fundos para a Síria e até para o Iêmen”, disse.

Ele também criticou a “lenda” segundo a qual a crise humanitária foi agravada pelo suposto bloqueio da ajuda por parte do governo venezuelano e afirmou que a Cruz Vermelha pode “entregar tudo, de maneira muito livre”.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
SIMONE BILES
Cerith Gardiner
Simone Biles deixa as Olimpíadas com uma lição importante para to...
2
Ítalo Ferreira
Reportagem local
Ouro no surfe em Tóquio, Ítalo Ferreira rezou todos os dias às 3h...
3
Batizado de Davi Henrique, 6 anos
Reportagem local
Davi, de 6 anos, reclama do padre no batizado: “Tá sabendo ...
4
HIDILYN DIAZ
Cerith Gardiner
Olimpíadas: depois de ganhar o ouro, atleta exibe outra medalha e...
5
David Arias
Reportagem local
Ex-satanista mexicano retorna à Igreja e testemunha: “O ter...
6
Claudio de Castro
Como salvar nossas almas nos últimos minutos antes da morte
7
Pessoa idosa rezando o terço
Reportagem local
Brasil: carta de despedida de bisavó de 96 anos comove as redes s...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia