Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 20 Outubro |
São Cornélio
Aleteia logo
home iconReligião
line break icon

O Natal não é só uma, e sim 5 festas em sequência dentro do seu tempo litúrgico

BABY,JESUS

Fr Lawrence Lew, O.P. | CC BY-NC-ND 2.0

Aleteia Brasil - Dom Henrique - publicado em 10/12/19

Dom Henrique nos explica melhor as festas que se aproximam e como elas formam uma unidade em torno a Jesus que nasce feito homem

Dom Henrique Soares da Costa, que foi bispo da diocese brasileira de Palmares, em Pernambuco, postou o texto que a seguir reproduzimos a respeito do profundo e extenso significado do Nascimento de Jesus, celebrado pela Igreja mediante não apenas uma, e sim uma sequência de cinco festas ao longo das próximas semanas, dentro do tempo litúrgico do Natal:

As Festas que se aproximam

O Natal não se resume a um dia nem celebra simplesmente o Nascimento de Jesus, o Salvador. Na verdade, trata-se de um tempo, formado por cinco festas que celebram no rito da Santa Liturgia o mistério da Manifestação do Filho de Deus em nossa natureza humana. Assumindo corpo e alma humanos, entrando no tempo e no mundo, assumindo uma história humana, Filho eterno do Pai manifestou-Se na nossa pobre humanidade para enriquecê-la com a Sua infinita Divindade; Ele veio para nos dar a graça da comunhão, da amizade com Ele – é isto a salvação, a comunhão de Vida divina com o Senhor feito homem por nós! Assim, o tempo do Natal é tempo de celebrar nos divinos mistérios litúrgicos a Manifestação do Senhor entre nós! Cinco festas; ei-las:

1) A Solenidade do Natal do Senhor, no dia 25 de dezembro.

Na pobreza da gruta de Belém contemplaremos como frágil criança Aquele que é o Forte e eterno Deus: “Porque um Menino nos nasceu, um filho nos foi dado, Ele recebeu o poder sobre os Seus ombros e Lhe foi dado este Nome: Conselheiro-maravilhoso, Deus-forte, Pai-eterno, Príncipe-da-Paz” (Is 9,5). Neste Dia santíssimo (que é celebrado durante oito dias), a Igreja dobra os joelhos diante do Salvador, juntamente com Maria Virgem, José e os pastores; a Igreja canta o “Glória a Deus nas alturas” juntamente com os anjos, a Igreja ilumina-se de alegria como o céu da noite santa de Belém.

2) No Domingo entre os dias 25 e 1º de janeiro ou no 31, a Igreja celebra a Festa da Sagrada Família.

O Filho de Deus assumiu em tudo a nossa condição humana: entrou numa família, na vida miudinha de cada dia; Ele veio verdadeiramente viver a nossa aventura. Assim, santificou as famílias de modo especial: “Desceu com eles para Nazaré e era-lhes submisso” (Lc 2,51). Esta festa nos recorda que o mistério da Encarnação não é uma realidade meramente ontológica, isto é, o fazer-Se homem do Filho divino, mas também uma realidade existencial: o Senhor veio viver em tudo a existência humana, a condição humana, menos o pecado, que é desumano…

3) Solenidade de Santa Maria Mãe de Deus, no dia 1º de janeiro, Oitava do Natal.

“(Os pastores) foram, então, às pressas, e encontraram Maria, José e o Recém-nascido deitado na manjedoura” (Lc 2,16). A Igreja contempla o Menino que nasceu em Belém e Nele reconhece o Deus eterno, reclinado no colo de Maria. Por isso chama-a Mãe de Deus, quer dizer, Mãe do Filho de Deus feito homem! Dando este título à Virgem, a Igreja, desde suas origens, professa sua fé na divindade de Jesus Cristo. O 1º de Janeiro é uma das grandes festas marianas.

4) Solenidade da Epifania do Senhor, no Domingo entre 2 e 8 de janeiro.

É a festa chamada Festa de Reis. Mas, é bem mais que isso: a palavra “epifania” significa “manifestação”. Os magos, vindos dos povos pagãos, representam toda a humanidade que vem adorar o Salvador e reconhecê-Lo como a Luz para iluminar as nações. Deus manifesta a Sua salvação a todos os povos: “O Senhor fez conhecer Sua Salvação, revelou Sua Justiça aos olhos das nações. Os confins da terra contemplaram a Salvação do nosso Deus” (Sl 97,2.3). A Solenidade da Epifania é importantíssima: ela nos revela já a salvação de Cristo para todos os povos da terra, simbolizados nos Magos, gentios, que vêm de longe para adorar o Rei nascido.

5) A Festa do Batismo do Senhor, no Domingo após a Epifania.

Com ela termina o tempo do Natal. Jesus, Aquele que veio ser um de nós, Aquele que veio tomar sobre Si as nossas dores, humildemente, entra na fila dos pecadores para receber o batismo de João Batista. O Pai apresenta o Seu Filho: “Este é o Meu Filho amado, em Quem Eu Me comprazo!” (Mt 3,17). Com esta festa encerra-se o ciclo de festas da Manifestação do Senhor. A Igreja agora sabe, experimenta e anuncia ao mundo: “O Verbo Se fez carne e habitou entre nós e nós vimos a Sua glória!” (Jo 1,14). Que vivamos bem o tempo do Natal que se aproxima, tão rico e santo!


ADVENT,WREATH

Leia também:
Para entender facilmente o Advento: 2 períodos, 4 semanas

Tags:
AdventoJesusLiturgiaNatal
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
AVENIDO BROTHERS
Agnès Pinard Legry
Três irmãos são ordenados padres no mesmo dia
4
COMMUNION
Philip Kosloski
Oração ao seu anjo da guarda antes de receber a comunhão
5
MARRIAGE
Matrimonio cristiano
Beijar a aliança todos os dias: uma indulgência especial aos casa...
6
Aleteia Brasil
O segredo da cidade bósnia onde jamais houve um divórcio
7
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia