Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 15 Janeiro |
Santo Arnoldo Janssen
home iconReligião
line break icon

Bispo anglicano que foi capelão da rainha da Inglaterra se tornará católico domingo

Diocese de Shrewsbury

Reportagem local - publicado em 18/12/19

Medidas polêmicas adotadas pela Igreja Anglicana o foram levando a questionar o seu embasamento

O ex-bispo anglicano Gavin Ashenden, que já foi capelão da rainha da Inglaterra, se tornará oficialmente católico neste próximo 22 de dezembro, quarto domingo do Advento, quando receberá o sacramento da Confirmação pelas mãos de dom Mark Davies, bispo católico da diocese britânica de Shrewsbury. A esposa de Gavin já tinha se convertido ao catolicismo naquela mesma diocese, dois anos atrás.

Gavin Ashenden estudou direito na Universidade de Bristol e depois entrou no Oak Hill College a fim de se preparar para o sacerdócio anglicano. Ordenado em 1980, foi pároco durante dez anos e membro do Sínodo da Igreja Anglicana durante vinte. Em 2008 foi nomeado capelão da rainha e, em 2013, ordenado bispo na comunidade anglicana da Igreja Cristã Episcopal (Christian Episcopal Church).

Uma série de medidas polêmicas adotadas pela Igreja Anglicana o foram levando a questionar o seu embasamento, como a leitura de uma passagem do alcorão numa catedral episcopaliana da Escócia. O episódio teve muita relevância para a sua decisão de renunciar à Casa Real e à ordem sacerdotal anglicana em 2017:

“Isso não deveria acontecer na Santa Eucaristia e, particularmente, em uma cuja intenção é celebrar Cristo, a Palavra que se fez carne e veio ao mundo”.

No mesmo ano, Gavin abandonou a Igreja da Inglaterra.

“A consagração das mulheres no episcopado representa a substituição dos padrões apostólicos e bíblicos da cultura pelos valores do marxismo cultural, para acomodar a Igreja da Inglaterra à perspectiva secular e radical em relação ao gênero”.

O ex-bispo anglicano também criticou um bispo episcopaliano que pronunciou um sermão enquanto utilizava uma espécie de parque de diversões construído dentro da Catedral de Norwich.

“Foi um erro. A catedral não é para isso”.

Além das discordâncias quanto a posturas anglicanas, Gavin Ashenden se viu atraído por fatores inspiradores da fé católica, em particular a oração do terço e o estudo dos milagres eucarísticos.

“Tendo chegado a acreditar que as afirmações e a expressão da fé católica são a mais profunda e potente expressão da crença apostólica e patrística e, ao aceitar o primado da tradição petrina, agradeço ao bispo de Shrewsbury e à comunidade católica da sua diocese pela oportunidade de emendar 500 anos de história fraturada e me reconciliar com a Igreja que deu origem à minha tradição anterior”.

O ex-anglicano citou ainda o poderoso testemunho do também anglicano convertido ao catolicismo São John Henry Newman, que foi canonizado em outubro deste ano pelo Papa Francisco:

“Ele fez o melhor que pôde para ser um anglicano fiel e, depois, para renovar a sua fé na Santa Mãe Igreja com o vigor e a integridade da tradição católica. Hoje, como naquela época, a experiência dele influencia a nossa para mostrar que a Igreja da Inglaterra se inclina a criar raízes numa cultura secularizada, em vez de criá-las na integridade e na visão dos valores bíblicos, apostólicos e patrísticos”.

O bispo católico dom Mark Davies declarou a respeito de Gavin Ashenden:

“Estou muito honrado de poder receber um bispo da tradição anglicana na plena comunhão da Igreja no mesmo ano da canonização de São John Henry Newman. Sou consciente do testemunho que Gavin Ashenden deu no espaço público da fé histórica e dos valores sobre os quais se constrói a sociedade. Rezo para que o seu testemunho continue e seja um incentivo para muitos”.

____________

Com informações da agência ACI Digital

Tags:
ConversãoTestemunho
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Na íntegra: as três partes do Segredo de Fáti...
UNPLANNED
Jaime Septién
Filme contra o aborto arrasa nas bilheterias ...
BABY BAPTISM
Padre Reginaldo Manzotti
Por que é tão importante batizar uma criança?
Deserto de Negev
Francisco Vêneto
Pedra de 1.400 anos com inscrição mariana é e...
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens pode...
Reportagem local
Papa Francisco: cuidado com os cristãos que s...
POPE JOHN PAUL II
Philip Kosloski
"Não tenhais medo": a frase mais usada por Sã...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia