Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Pe. Gabriel: “A Igreja apanha, nosso Deus é ridicularizado e só uma minoria grita”

Pe. Gabriel Vila Verde
Pe. Gabriel Vila Verde (Facebook)
Compartilhar

“Os inimigos sapateiam em cima da gente, fazem todo tipo de chacota com a nossa santa religião e reina um absoluto silêncio”

O pe. Gabriel Vila Verde compartilhou em seu Facebook um comentário sobre como se tende a reagir passivamente, hoje em dia, aos ataques contra a fé – e sobre como essa passividade não foi a reação testemunhada por Jesus:

Numa época não muito distante, quando acontecia algum atentado contra a fé, toda a Igreja se levantava, imperiosa e destemida, para defender os direitos dos cristãos e o temor a Deus.

Quando o sacrário dos Mares foi profanado na década de 50, o Cardeal da Bahia, Dom Augusto, fez a cidade de Salvador parar e participar de um ato solene e campal, em desagravo.

Agora, nestes tempos sombrios, os inimigos sapateiam em cima da gente, fazem todo tipo de chacota com a nossa santa religião, e por incrível que pareça, reina um absoluto silêncio, uma grande indiferença.

A Igreja apanha, nosso Deus é ridicularizado, e só uma minoria grita.

Foi por isso que Jesus perguntou, 2000 anos atrás: “Quando o Filho do Homem voltar, achará fé sobre a terra?” (Lc 18,8).

Boletim
Receba Aleteia todo dia