Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 03 Março |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

A oração pode lhe dar 20 minutos a mais para viver cada dia

WOMAN SMILE

Monkey Business Images I Shutterstock

Edifa - publicado em 23/12/19

Rezar? Não nos falta o desejo. Somos decididamente a favor. Mas o problema é o tempo, que nos falta terrivelmente! E se a oração pudesse prolongar as nossas vidas?

“Ok, vamos fazer uma pequena oração!” Quantas vezes já ouvi esta fórmula ritual, especialmente no final dos nossos encontros pastorais, litúrgicos ou outros? Provavelmente já o disse mais do que uma vez. A intenção é louvável, mas a formulação é detestável. Pobre Deus, que tem de se contentar com os restos da nossa agenda! Ele vem depois de tudo o resto. Passamos o dia em nossos assuntos, incluindo nossos assuntos católicos, e no momento em que temos apenas um desejo, o de ir para a cama, damos um último pensamento mais ou menos adormecido para aquele que chamamos “o Senhor”, mas cujo senhorio sobre nossas vidas é muito relativo.

Dar a Deus pelo menos 1% do nosso tempo

Eu não acredito que possamos viver de acordo com o pensamento de Deus e em sua graça se passarmos menos de 20 minutos com ele todos os dias. Será que é pedir muito? Se eu calcular correctamente, isto representa 1% do nosso tempo. Amamos os nossos filhos, o nosso cônjuge, os nossos pais? É suficiente “pensar neles, às vezes, durante o dia”? Eles certamente gostam. Mas isto nunca substituirá os poucos momentos que lhes dedicaremos, sem fazer mais nada. Temos de ir visitá-los. Caso contrário, os nossos bons pensamentos são apenas péssimos álibis. E se nos quisermos ver, temos de arranjar tempo, temos de marcar um encontro.

Em nome da espontaneidade e sinceridade, desistimos de estabelecer regras e adquirir hábitos. Na vida pessoal, familiar, social e eclesial, isto resulta em permanente improvisação e profunda insatisfação. Triunfo da mediocridade e, como disse Bento XVI, da ditadura do relativismo. Evidentemente, não devemos cair no erro oposto, mantendo-nos presos no formalismo e nos escrúpulos. Mas quem quer o fim quer os meios. Temos vontade de orar, ou apenas disposição?

Caçar os 20 minutos livres

A primeira coisa a fazer é recuperar 20 minutos durante o dia: acordar mais cedo, ir para a cama mais tarde, apagar uma coisa não essencial em outro momento do dia. Atenção! Quando digo para adiar a hora de dormir, é para terminar o que não foi feito; exceto para as pessoas que são “noturnas”, aconselho a não colocar o tempo de oração no final do dia – isso não nos impede de nos voltarmos para o Senhor por um momento quando adormecemos, mas é outra coisa.

Da mesma forma, este tempo não será substituído por uma missa, uma assembléia de oração ou oração com crianças. Estas coisas são excelentes, mas não apagam a instrução do Mestre: “Quando orares, entra no teu quarto, fecha a porta e ora ao teu Pai em segredo” (Mt 6, 6).

Père Alain Bandelier

Tags:
Oração
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia