Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 25 Junho |
São Salomão
home iconEstilo de vida
line break icon

O que fazer quando você está assistindo TV com seus filhos e uma cena de sexo aparece

Watching TV

Manaemedia | Shutterstock

María Verónica Degwitz - publicado em 30/12/19

Primeiro passo: manter a calma

Muitos filmes, novelas, seriados e programas de TV estão cheios de cenas de sexo – se não explícitos, são pelo menos implícitos.

Muitos pais preferem cenas de violência, o que parece paradoxal – afinal, o sexo é algo agradável e a violência não. O problema, no entanto, é que o sexo mostrado na tela raramente é uma coisa agradável. Nos filmes e na TV (ou outras mídias), o sexo geralmente é apresentado como um substituto do que deveria ser a coisa mais preciosa: o amor.

As crianças precisam de uma calma explicação

Embora devamos conversar com nossos filhos sobre sexo desde cedo, os pais costumam adiar isso, principalmente por causa de seu próprio constrangimento e porque se sentem inseguros sobre como fazê-lo. É por isso que muitas crianças encontram pela primeira vez imagens e frases sexuais na escola, em telefones celulares ou em outras telas. Nesse momento, elas enfrentam fortes estímulos, com os quais muitas vezes não conseguem lidar.

Então, o que acontece se houver uma cena de sexo explícita em um filme que você está assistindo com seus filhos? Natasha Ropret, uma terapeuta de casamentos e famílias, nos aconselha a responder com calma. Nossos filhos podem ficar emocionalmente sobrecarregados, porque podem responder ao conteúdo sexual com fortes emoções e negação, preocupando-se com o fato de esse conteúdo ser proibido, mas atraente e emocionante.

Uma explicação apropriada e tranquilizadora sobre a relação entre dois adultos e a explanação de que o conteúdo não é apropriado para a idade delas poupará as crianças da vergonha e da culpa que elas poderiam experimentar. Portanto, no caso de uma cena inesperada de sexualidade, não entre em pânico, mas converse com seus filhos sobre seus sentimentos e experiências.

Sexualidade saudável, ou apenas prazer?

É importante que crianças e adolescentes consigam distinguir criticamente a sexualidade saudável – o que enriquece o relacionamento entre duas pessoas, as conecta, as faz felizes e dá origem a uma nova vida – e a sexualidade que busca apenas o prazer.

A especialista Natasha Ropret acrescenta: “A exposição precoce a uma imagem distorcida da sexualidade, que os jovens não podem colocar em um contexto semântico no momento em que ele estão regulando seus sentimentos e seus corpos, pode levar à disfunção sexual em meninos, desconforto em meninas e problemas de intimidade para ambos os sexos. Às vezes, causa dependência da pornografia. Como qualquer vício, oferece uma oportunidade doentia de se desconectar do mundo real e proporcionar uma experiência semelhante a uma droga para o cérebro”.

Preste atenção às classificações de filmes e séries

Tanto quanto possível, crianças e adolescentes devem evitar assistir conteúdo com cenas de sexo inapropriadas. Se essas cenas surgirem, a melhor abordagem é ter uma conversa descontraída, mas oportuna. Crianças e adolescentes devem ser informados de que o sexo não é algo errado ou sujo, mas também não é o que geralmente é retratado nas telas.

“O sexo saudável e pacífico entre duas pessoas é uma situação em que precisamos parecer ‘nus’ um diante do outro, como realmente somos, com todos os nossos medos, erros e falhas, além de nossa beleza interior. É a beleza intrínseca entre os dois que cria uma vulnerabilidade que leva o casal a uma conexão profunda e íntima ”, diz Ropret.

Ela acrescenta que qualquer substituto para o amor, mesmo que seja apenas visto em um filme, cria uma imagem irreal na mente.

Por Polona Šergon / Maria Veronica Degwitz

O artigo foi publicado pela primeira vez em Naši družini e foi traduzido e adaptado por Aleteia.


MOTHER AND SON TALKING

Leia também:
Como falar sobre sexo com seus filhos

Tags:
Educação dos FilhosFilhospaisSexualidade
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
BABY GIRL
Mathilde de Robien
12 nomes de meninas cujo significado é ligado a Deus
2
CARLO ACUTIS
Francisco Vêneto
Corpo incorrupto: quais foram os tratamentos aplicados ao rosto d...
3
Lucía Chamat
A curiosa foto de “Jesus” que está comovendo a Colômb...
4
Aleteia Brasil
O dia em que os cães farejadores detectaram Alguém vivo no Sacrár...
5
Leticia e Juliano Cazarré
Reportagem local
Filha de Juliano Cazarré e Leticia é batizada na Igreja Católica
6
ST JOSEPH,THE WORKER CARPENTER, JESUS,CHILDHOOD OF CHRIST
Philip Kosloski
Esta antiga oração a São José é “conhecida por nunca ter falhado”
7
ŚMIERĆ CÓRKI
Reportagem local
A assustadora sociedade em que a última criança nasceu há 25 anos
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia