Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Pe. Zezinho e o tapa do Papa: “Já passei por isto. Não tive escolha”

POPE AUDIENCE
Compartilhar

“Concordo com o Papa. Ele tem 83 anos e puxar o Papa daquela maneira é histeria e fanatismo. Ele pediu desculpas. Eu também pedi, mas expliquei que não somos bonecos”

Em seu perfil no Facebook, o pe. Zezinho se pronunciou sobre o episódio ocorrido na Praça de São Pedro neste fim de ano, quando Papa Francisco foi abruptamente puxado por uma senhora e reagiu dando-lhe um tapa na mão.

O PAPA DEU UM TAPA

Pe Zezinho scj

Não foi na cara. Foi na mão. Já passei por isto. Não tive escolha. A pessoa me puxou com força que me desequilibrou. Ficaram nas mãos as marcas da unha dela. Dei um tapa para que ela me largasse. Quem viu me apoiou.

Se o Papa não vai perto, falam mal dele. Se ele se defende, falam mal. Se cai, culpam os guardas. Raramente culpam quem empurrou ou enfiou a unha nas nossas mãos.

Concordo com o Papa. Ele tem 83 anos e puxar o Papa daquela maneira é histeria e fanatismo. Se ele sobe no carro é acusado de ficar longe do povo.

Ele pediu desculpas. Eu também pedi, mas expliquei que não somos bonecos.

Respeito é bom e nada desculpa quem puxa o Papa ou o padre ou arranham suas mãos!

Boletim
Receba Aleteia todo dia