Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 24 Fevereiro |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

As mudanças de 2020 no Colégio Cardinalício: quem elegeria um novo Papa?

Cardinaux

Shutterstock

Reportagem local - publicado em 06/01/20

Além das novas normas de eleição do decano e sua permanência no cargo, haverá mudanças decorrentes da idade no número de cardeais eleitores

O Colégio Cardinalício é o responsável, mediante reunião em Conclave, pela escolha de cada novo Papa, e o ano de 2020 traz novidades para essa histórica instituição.

Decano

A principal diz respeito ao cargo de Decano do Colégio Cardinalício: o Papa Francisco estabeleceu que ele seja eleito pelos próprios cardeais e que a sua permanência no posto seja limitada a 5 anos, renováveis por outros cinco. Até agora, não havia um prazo máximo. O posto, aliás, está vacante por conta da recente renúncia do cardeal Angelo Sodano, que o ocupava desde 2005. Ele havia substituído o então cardeal Joseph Ratzinger, eleito Papa naquele ano como Bento XVI.

Eleitores

O Colégio Cardinalício é atualmente formado por 224 cardeais, dos quais 124 seriam hoje eleitores na ocorrência de um novo conclave.

Os outros 100 cardeais já ultrapassaram o limite de 80 anos de idade e não participariam da eleição do novo Papa. Ao longo de 2020, mais quatro chegarão a essa idade:

  • em 25 de fevereiro, o cardeal Béchara Boutros Raï, Patriarca de Antioquia dos Maronitas;
  • em 17 de abril, o cardeal Agostino Vallini, Vigário-Geral Emérito de Sua Santidade para a diocese de Roma e Legado Pontifício para as Basílicas Papais de Assis;
  • em 29 de setembro, o cardeal Lorenzo Baldisseri, que recentemente renunciou ao cargo de Secretário-Geral do Sínodo dos Bispos;
  • em 12 de novembro, o cardeal Donald William Wuerl, arcebispo emérito de Washington.

Consistório

Se apenas estes quatro cardeais deixarem de ser eleitores ao longo do ano, a quantidade de cardeais habilitados para o conclave ficaria em exatos 120, que é o número máximo estabelecido por São Paulo VI em 1975. Não haveria necessidade, portanto, de nenhum consistório para a criação de novos cardeais. Mas o Papa Francisco tem celebrado um consistório por ano desde que chegou ao pontificado, em 2013. Desde então, ele já criou 88 cardeais de 56 países.

____________

Com informações da agência Gaudium Press


BALTAZAR PORRAS

Leia também:
Cardeal venezuelano denuncia: “A ditadura de Maduro persegue a Igreja Católica”


Cardeal Sarah homilia Catedral Chartres

Leia também:
Histórica e luminosa homilia do Cardeal Sarah repercute nas redes sociais

Tags:
CardeaisVaticano
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia