Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 19 Abril |
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Filha de 1 ano de bombeiro morto na Austrália comove o mundo no velório do pai

FIREMEN

NSW Rural Fire Service

Reportagem local - publicado em 13/01/20

Andrew tinha 36 anos de idade e morreu combatendo os incêndios que assolam o país há meses

O bombeiro Andrew O’Dwyer morreu aos 36 anos de idade, em dezembro de 2019, durante as lutas brutais que a Austrália vem travando contra os incêndios que há meses devastam áreas quilométricas do país.

Em seu velório, realizado no último dia 7 de janeiro, sua filhinha Charlotte, de 1 ano, usou o capacete do pai e brincou com seu caixão, comovendo milhões de pessoas mundo afora a partir do instante em que as imagens foram compartilhadas em redes sociais.

FIREMEN
NSW Rural Fire Service

Shane Fitzsimmons, comissário dos bombeiros rurais da Austrália, disse à pequena que o seu pai era um herói.

“A Charlotte precisava saber que o pai dela era um homem altruísta e especial, que só foi embora deste mundo porque era um herói. Não há palavras para descrever a nossa tristeza, o nosso respeito, a nossa consternação pela perda do Andrew”.

De vestidinho branco e cabelo trançado, Charlotte deu um beijo no caixão do pai antes que ele fosse levado para a igreja de Nossa Senhora das Vitórias, na localidade de Horsley Park. Enquanto o caixão era levado até a igreja, os bombeiros formaram uma guarda de honra para homenagear o colega morto em serviço.

Outra imagem que tocou os internautas foi a de Charlotte recebendo, em nome do pai, a medalha de honra ao mérito que foi concedida a ele postumamente.


Charlie Procter

Leia também:
O menino de 5 anos, com câncer, que pediu desculpas à mãe antes de morrer

Tags:
BebêsFilhosMortepais
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia