Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Reze antes da Comunhão pela cura espiritual

HOLY COMMUNION
Antoine Mekary | Godong
Compartilhar

Jesus é o médico divino e quer nos curar na Eucaristia

Às vezes, comungar aos domingos pode se tornar rotina, e perdemos a noção da sacralidade desse evento. É fácil esquecer que Jesus Cristo está lá, verdadeiramente presente sob a aparência de pão e vinho.

Precisamos lembrar que Jesus está lá expressamente pela nossa salvação. Ele quer estar em comunhão conosco e entrar em nosso corpo para que possa entrar mais profundamente em nossa alma.

Uma maneira de recordarmos essa verdade profunda é recordar o papel de Jesus como médico divino. Se estivermos sofrendo alguma mágoa ou tristeza em nosso coração, Jesus gostaria de vir e curar essa ferida com seu amor e misericórdia.

Aqui está uma breve oração de Madre Mary Loyola, publicada no livro Welcome! Holy Communion, que pode ajudar a despertar em nós o desejo de deixar Jesus curar nossos corações através da Santa Comunhão.

Jesus, tu me incentivas a me aproximar de Ti para tocar-te na Santa Comunhão com fé e esperança, a abrir, médico divino, as feridas da minha alma para que Tu possas curá-las.

Estou doente e fraco – sempre parando na estrada ascendente; logo cansado; facilmente desencorajado; inconstante no esforço sério e prolongado; sempre procurando facilidade e descanso.

Sou cego para as minhas falhas; pronto a desculpar em mim o que eu sinceramente condeno em outro. Sou negligente no meu dever de retidão, cego para os danos ao meu redor, os quais deveria reconhecer e verificar pelos quais devo ser responsabilizado. Meu Deus, ilumine minha escuridão. Senhor, que eu veja!

Estou atordoado. As inspirações vêm e eu não as atendo. Sei que são a sua voz, me incentivando ou me censurando, sugerindo um bom pensamento, uma palavra ou ato amável.

Nenhum elogio brota em meu coração; nenhum grito de misericórdia chega aos meus lábios. Não tenho dado boas-vindas ansiosas a Ti, àquele que vem de tão longe para ser meu convidado.

Ó Senhor, abra meus lábios, e minha boca proclamará teu louvor. Liberta meu coração para se derramar diante de Ti. Ensina-me a rezar, para que pela oração eu possa obter de Ti o suprimento de tudo o que preciso.

Doente, cego, atordoado, confuso – certamente preciso da visita do médico divino!

Jesus, filho de Davi, tem piedade de mim. Filho de Davi, tenha piedade de mim!

Boletim
Receba Aleteia todo dia