Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 28 Fevereiro |
Beato Daniel Brottier
home iconAtualidade
line break icon

Centenas de migrantes centro-americanos chegam ao México via Guatemala

CARAVAN

JOHAN ORDONEZ | AFP

Agências de Notícias - publicado em 26/01/20

No final de semana passado, a maior parte da caravana conseguiu entrar no México sob o controle das autoridades de imigração

Centenas de migrantes da América Central que procuram chegar aos Estados Unidos entraram no México através da Guatemala nesta quinta-feira (23), aproveitando a ausência de forças de segurança na fronteira – informou uma equipe de reportagem da AFP.

Os migrantes conseguiram entrar no território mexicano sem enfrentar resistência e depois de atravessar o pequeno e poderoso rio Suchiate, que separa o oeste da Guatemala do sul do México.

Em alguns minutos, prosseguiram viagem, formando uma coluna de pessoas em uma rodovia em Ciudad Hidalgo, no estado mexicano de Chiapas (sul).

Entre assobios e gritos de “Lá vamos nós!”, os migrantes, principalmente homens, embora também houvesse algumas famílias inteiras, apressavam-se, enquanto se dirigiam para um posto de fronteira localizado a uma curta distância.

Na última segunda-feira, cerca de 500 migrantes conseguiram atravessar o México pela mesma área, apesar do gás lacrimogêneo lançado pelos guardas nacionais. Esse grupo foi preso mais tarde em um posto de segurança.

Desde então, o México reforçou fortemente a segurança nas fronteiras, impedindo a passagem dos migrantes, que se retiravam para a cidade guatemalteca de Tecún Umán.

Os migrantes começaram a se reagrupar no início da manhã do lado guatemalteco do Suchiate, que nesta época do ano pode ser atravessado a pé sem muito esforço. Duas horas depois, decidiram entrar no México, ao perceberem que, desta vez, não havia presença das forças de segurança.

– Marcha pacífica –

“Queremos falar diretamente com o presidente (mexicano Andrés Manuel) López Obrador”, dizia uma enorme faixa que se destacava na longa coluna, enquanto outros exibiam as bandeiras de respectivos seus países.

“Chegamos de uma maneira pacífica!”, gritavam alguns.

A chamada caravana 2020 partiu em 14 de janeiro de Honduras e, ao passar pela Guatemala, suas fileiras cresceram com a chegada de guatemaltecos, salvadorenhos e nicaraguenses.

Mais de 3.500 migrantes compõem o grupo, segundo estimativas das autoridades de imigração da América Central.

No final de semana passado, a maior parte da caravana conseguiu entrar no México sob o controle das autoridades de imigração, que lhes ofereceu várias opções. Entre elas, estavam pedir abrigo, ou aceitar empregos em programas sociais, no sul do México e em seus próprios países.

Os migrantes pedem, no entanto, que lhes seja permitido circular livremente pelo México para chegarem aos Estados Unidos. Lá, esperam obter refúgio, com o objetivo de escapar da violência e da pobreza em seus países.

Ontem, as autoridades mexicanas de imigração informaram que prenderam, na segunda-feira, mais de 2.000 migrantes em condição irregular. Centenas deles já foram devolvidos para seus países.

O governo mexicano tenta dissuadir os centro-americanos de entrarem no país de forma ilegal e os incentiva a participar de programas de abrigo e emprego temporário no sul do país.

Após as enormes caravanas do final de 2018 e do início de 2019, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou o México com sanções comerciais, se ele não adotasse medidas para impedir a onda migratória.

Na sequência, López Obrador mobilizou cerca de 26.000 soldados para as fronteiras norte e sul de seu país.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KOMUNIA NA RĘKĘ
Claudio de Castro
Padre chora copiosamente diante da falta de respeito com a Eucari...
2
PRAYER
Desde la Fe
Coisas que você não deve fazer na Missa e talvez não saiba
3
RECONSTRUCTED CHRIST
Lucandrea Massaro
Assim era Jesus: o misterioso Homem do Sudário, reconstruído em 3...
4
HOLY FAMILY
Philip Kosloski
A antiga oração a São José que é “conhecida por nunca ter falhado...
5
Eucaristia
Reportagem local
Diocese afasta padre que convidou pastor para “concelebrar&...
6
PADRE PIO
Bret Thoman, OFS
O Padre Pio diz que este é um pecado difícil de Deus perdoar
7
MEXICO
Pablo Cesio
México: homem chega à própria missa de corpo presente
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia