Aleteia

Seria este o mais antigo e autêntico retrato de São Francisco de Assis?

São Francisco de Assis
Mosteiro de São Bento de Subiaco
São Francisco de Assis
Compartilhar

Um sacerdote do Patriarcado Latino de Jerusalém defende que sim

Uma pintura de São Francisco de Assis em pé, de hábito e cordão à cintura, sem auréola nem estigmas, feita a óleo e procedente do Mosteiro de São Bento de Subiaco, na província de Roma, seria “a mais próxima da realidade” segundo o pe. Rafiq Khoury, do Patriarcado Latino de Jerusalém.

A hipótese de que este seja o mais antigo retrato do “Pobrezinho de Assis” é exposta por ele no livro “O Santo e o lobo“, a cujo respeito o sacerdote deu entrevista ao Christian Media Center, veículo de comunicação da Custódia da Terra Santa:

“Este retrato vem do mosteiro dos padres beneditinos de Subiaco, perto de Roma. São Francisco, que viajava muito, visitou uma vez aquele mosteiro. Um artista desconhecido fez essa pintura, que ainda hoje está nessa igreja e que pode ser considerada uma das melhores reproduções da verdadeira imagem de São Francisco”.

O sacerdote comenta as feições de São Francisco e o que elas transmitem:

Francisco de Assis
Mosteiro de São Bento de Subiaco
São Francisco de Assis

“Os olhos abertos de São Francisco são olhos claros, inocentes, transparentes, de uma serenidade incomparável, como se ele estivesse olhando diretamente para você. Ele está olhando profundamente para você como se quisesse descobrir o seu melhor. Se considerarmos o quadro geral, vemos harmonia, transparência e luminosidade na personalidade de São Francisco. Vemos um retrato harmonioso. Há harmonia entre a sua alma, a sua mente, o coração e o corpo, e isto faz dessa imagem uma ilustração maravilhosa da personalidade de São Francisco”.

Boletim
Receba Aleteia todo dia