Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 24 Outubro |
São José Lê Dang Thi
Aleteia logo
home iconReligião
line break icon

Encontro ou conflito? A relação entre Bento XVI e Francisco na mídia atual

THE TWO POPES

Netflix

Francisco Borba Ribeiro Neto - publicado em 02/02/20

Não existem indicações concretas de uma contraposição entre Bento XVI e Francisco

A dupla Bento XVI e Francisco ocupou boa parte das manchetes em janeiro por dois casos bem diferentes: o sucesso do filme Dois papas, de Fernando Meirelles, e a confusão envolvendo o livro Das profundezas do coração (em tradução livre), do cardeal Robert Sarah. Muito já se escreveu sobre isso e aqui só vamos fazer uma recapitulação rápida, para desenvolvermos o tema no título do artigo.

O filme da Netflix é uma obra de ficção. O diretor Fernando Meirelles e o roteirista Anthony McCarten se declaram de formação católica, mas o primeiro se considera um “mal católico” e o segundo declara ter se afastado da religião. Apesar de um esforço intencional de buscarem fazer uma obra fiel ao espírito dos dois papas e equilibrada, quem conhece bem a Igreja perceberá várias inconsistências no filme. Contudo, para o público distante da vida eclesial, trata-se de uma das produções recentes mais favoráveis ao Catolicismo. Levou muita gente a ter uma visão mais positiva não só da Igreja, mas também do Papa Bento XVI, que contrasta no filme com um Francisco progressista e simpático.

Já o livro do cardeal Sarah trata de um tema extremamente polêmico, o celibato sacerdotal, e a celeuma em torno dele foi ainda maior por uma inegável falha procedimental. O prelado africano realmente recebeu manuscritos do papa emérito sobre o tema do celibato, com liberdade para usá-los. Contudo, publicar um livro exige que se assine um contrato entre autores e editora, com regras precisas de publicação e conteúdo. Se esse cuidado tivesse sido tomado, nesse caso, ficou claro que Bento XVI não teria autorizado a inclusão de seu nome como autor, por motivos que podemos imaginar, mas não foram explicitados.

Com relação a esse tema, não existem indicações concretas de uma contraposição entre Bento XVI e Francisco. Ambos demonstram apreço pelo celibato, que foi continuamente reafirmado pelos documentos oficiais da Igreja, como norma disciplinar, fundamental para a vocação sacerdotal (ver, por exemplo, Pastores Dabo Vobis, PDV 29, 44, 50), mas não um dogma de fé. Ainda em janeiro de 2019, Francisco disse que considera o celibato “uma dádiva para a Igreja”, e não desejaria mudá-lo.

Nessa perspectiva, o Documento Final do Sínodo para a Amazônia (Nº 111), propõe que a autoridade competente estude “estabelecer critérios e disposições […] para ordenar sacerdotes a homens idôneos e reconhecidos pela comunidade, que tenham um diaconato permanente fecundo e recebam uma formação adequada para o presbiterato, podendo ter uma família legitimamente constituída e estável”. É uma proposta no mínimo arrojada, mas que inegavelmente não propõe o fim do celibato e menos ainda a liberação dos padres ordenados para se casarem.

Voltemos ao título desse artigo. O mês de janeiro viu a relação entre Bento XVI e Francisco apresentada como um diálogo, que pode ser tenso, mas conduz a um inegável encontro, em Dois papas, ou como um confronto que poderia levar ao cisma, em boa parte das análises divulgadas pela mídia por ocasião da publicação do livro de Sarah. O desenrolar deste segundo episódio mostrou que pode haver gente interessada em promover um cisma, mas essa certamente não é a postura do Papa Emérito.

O curioso é que dois católicos distantes da Igreja perceberam a força da comunhão. Mais ainda, perceberam que a unidade dos homens de fé, mesmo na diversidade de posições, era um sinal de esperança para o mundo – e a maioria dos que viram o filme da Netflix, com maior ou menos clareza também perceberam isso. Já muitos dos que estão mais dentro da Igreja, analistas, teólogos e algumas lideranças eclesiais, foram os que mais facilmente se deixaram envolver pela ideia de confronto.

Um clima de conflito tem o poder de gerar um conflito real. Por isso, para os poucos que apostam na divisão, criar uma mentalidade de combate, heresia e traição – seja de qual lado for – já é uma pequena vitória. A mídia, acostumada a reportar os confrontos do mundo laico, com audiências aumentadas por escândalos, sempre tenderá a repercutir mais ideias de confronto do que ideias de comunhão. Cabe aos católicos dar o testemunho de fé na ação do Espírito e confiança naqueles que Ele escolheu para guiar a Igreja e mantê-la unida na Verdade e no Amor, “para que o mundo creia”, como pedia Jesus (Jo 17, 21).

Tags:
Bento XVIPapa Francisco
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos
Francisco Vêneto
Jovem casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos: “cada um vale ...
2
Reportagem local
A bela lição que este menino deu a todos ao se aproximar do Papa
3
Papa Emérito Bento XVI
Francisco Vêneto
Bento XVI: “Espero me unir logo” aos amigos que já estão na etern...
4
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
5
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
6
São José
Francisco Vêneto
Padre irmão de piloto de avião partido em dois: “São José tem mui...
7
Papa Francisco São José Menino Jesus
Ricardo Sanches
A oração a São José que o Papa Francisco reza todos os dias há 40...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia