Aleteia

Em nova entrevista, Mark Wahlberg fala sobre a importância da fé

MARK WAHLBERG
Compartilhar

O ator compartilhou mais sobre a sua rotina de oração, além de falar sobre fé, trabalho e família

Mark Wahlberg é um dos poucos atores que discutem abertamente a fé católica e o papel que ela desempenha em suas vidas. No ano passado ele até compartilhou sua rotina incomum de oração, que inclui acordar de madrugada e ir direto para sua sala de oração.

Agora, a estrela de Hollywood e pai de quatro filhos compartilhou mais sobre como ele reza e o lugar essencial que sua fé desempenha em sua vida cotidiana.

Em um longo podcast com Caron Butler, o ex-bad boy compartilha como ele fez a transição do mundo da música para a atuação. Ele diz que foco e disciplina foram as razões para o seu sucesso. Também revela que o foco em sua fé tem sido fundamental para fazer dele o homem que ele é hoje:

“Fé é a coisa mais importante … É assim que começo o meu dia todos os dias. Quando abro os olhos, antes de acender a luz ou fazer qualquer coisa, estou meio que orando. Entro na minha sala de oração e passo 15 ou 20 minutos para expressar o quanto sou agradecido.”

Wahlberg também compartilhou conteúdos de algumas de suas orações:

“Rezo por todas as pessoas que tenho em minha vida e pelas pessoas que encontrei ao longo do caminho. As pessoas que foram positivas em minha fé e em minha vida. As pessoas que eu conheço que estão passando por tempos difíceis na doença. É assim que começo meu dia e depois leio meu livro de orações.”

A extraordinária ética no trabalho levou Wahlberg a manter sua carreira de ator, apesar de ele estar envolvido também na produção de filmes e no mundo fitness. E ele sabe muito bem que seu dever cristão é retribuir, o que pode ser comprovado na Fundação Mark Wahlberg, que ele lançou para ajudar as crianças carentes.

“Eu sei que Deus não me abençoou com tudo isso para dizer: ‘esqueça de onde você vem e simplesmente saia e tenha uma ótima vida’. Agora há uma oportunidade e uma responsabilidade de retribuir e ser um exemplo que inspire outras pessoas a dizer que não importa de onde você vem ou que obstáculos você enfrenta, se você realmente fizer a coisa certa … coisas boas acontecerão para você.”

Para Wahlberg, foi sua fé que que o construiu como ele é hoje:

“Eu recebi e usei as bênçãos e as graças que Deus me deu da maneira que Ele queria para que eu fosse um bom servo, um bom pai, marido, filho, amigo, vizinho, líder e seguidor, um seguidor … Eu sei que deveria estar fazendo mais, posso fazer mais. ”

Ele acrescenta que precisa fazer mais para influenciar positivamente os outros e ser mais seletivo com seus filmes, para não perder o que é importante para ele: sua família.

Boletim
Receba Aleteia todo dia