Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma 
Aleteia logo
home iconPara Ela
line break icon

Dicas essenciais para a mamãe que acabou de ter o primeiro filho

BABY

Shutterstock

Beatriz Camargo - publicado em 16/02/20

Lidar com o choro do recém-nascido é algo desafiador, mas esse pequeno guia irá lhe ajudar a ter mais segurança e serenidade

Todas as vezes que começo a olhar fotos tiradas nos primeiros dias de vida de meu filho, eu me recordo do quão desafiador foi aquele período. Eu tinha a impressão de que havia sido colocada numa bolha e perdido todo e qualquer tipo de comunicação com o que estava do lado de fora, pois minha atenção estava plenamente voltada para o bebê.

Meu estado de alerta em relação ao bebê era tão grande que, mesmo que ele dormisse bem e chorasse pouco, eu não relaxava. Meu sono era leve, eu levantava o tempo todo para conferir se ele estava bem e, como ele recebeu amamentação exclusiva até os seis meses, nunca pude revezar os cuidados da madrugada com meu esposo.

Mesmo como mãe de primeira viagem, eu sempre me achei capaz de dar conta de tudo sozinha e nunca reclamei ou pedi ajuda. O que numa parte foi boa – por não criar dependência em relação a outra pessoa –, em outra foi ruim, pois eu vivia exausta. Mas, com a graça de Deus, meu bebê dormia quase a madrugada toda e isso evitava que eu vivesse no limite do cansaço.

Após as primeiras semanas, nossa rotina aparentava estar sob controle, e mesmo com um bebê que nunca teve uma crise de cólica, tive sim alguns momentos de tensão devido a episódios de choro intenso, em que eu não sabia o que fazer.

Porém, quando comparo esse meu período com os relatos de amigas a respeito dos primeiros dias de vida dos seus bebês em casa me sinto até meio que privilegiada, pois nunca me desesperei. Porém, acredito que uma das coisas que me ajudou a ter tal tranquilidade com meu bebê foi seguir as recomendações que o pediatra recomendou em uma das nossas primeiras consultas. Elas eram bem básicas, mas altamente eficientes, veja:

Amamentação em livre demanda: como meu bebê só recebeu leite materno, eu o amamentava sempre que ele despertava de suas constantes sonecas, ou seja, ele nunca chorou de fome;

-Temperatura adequada: meu filho nasceu durante um inverno rigoroso. Então, sempre o agasalhei e o mantive protegido com luvas e mantas em seus primeiros dias. Embora tivesse medo de que ele sentisse frio, sempre fiquei atenta também se a quantidade de roupas não estava exagerada e, nos dias mais quentes, utilizava peças mais leves, pois o calor pode deixar a criança irritada;

-Fralda sempre limpa: além de evitar desconforto na criança, a troca constante das fraldas evita assaduras e, essas sim, podem ser motivo de choros. Procure por marcas que promovam mais absorção, mas não deixe de trocá-las com frequência, principalmente logo após o bebê fazer cocô;

-Superestimulação: muita claridade, barulhos e até as eventuais visitas podem deixar a criança mais irritada e agitada que o normal. Para contornar a situação, mude o bebê de ambiente e apague as luzes. Aguarde alguns minutos e, se ele ainda demonstrar certa agitação, mantenha-o no colo e faça os movimentos de ninar moderadamente, a proximidade com o corpo da mãe o deixará relaxado e tranquilo.

-Tédio: às vezes, o bebê precisa de um passeio ou estímulo sensorial para se sentir melhor. Nessas circunstâncias, coisas como um banho, uma canção ou um passeio até uma pracinha podem ser a solução;

Essas dicas me ajudaram, mas, mesmo assim, passei por situações em que meu filho chorou incansavelmente, e no auge do meu descontrole emocional, pedi ajuda a Deus para poder lidar com a situação. Nessas horas, rezar o Pai Nosso e a Ave Maria me ajudaram a retomar certa serenidade, e durante essa prece eu incluía o Salmo 29, que me ajudava a recuperar minhas forças e a sensatez. Por isso, mamãe, sempre que você passar por algo parecido, não deixe de incluí-lo em sua oração:

“Eu vos exaltarei, Senhor, porque me livrastes, não permitistes que exultassem sobre mim meus inimigos.Senhor, meu Deus, clamei a vós e fui curado. Senhor, minha alma foi tirada por vós da habitação dos mortos; dentre os que descem para o túmulo, vós me salvastes.Ó vós, fiéis do Senhor, cantai sua glória, dai graças ao seu santo nome.Porque a sua indignação dura apenas um momento, enquanto sua benevolência é para toda a vida. Pela tarde, vem o pranto, mas, de manhã, volta a alegria. Eu, porém, disse, seguro de mim: “Não serei jamais abalado”.Senhor, foi por favor que me destes honra e poder, mas quando escondestes vossa face fiquei aterrado.A vós, Senhor, eu clamo, e imploro a misericórdia de meu Deus.”




Leia também:
Calma, mamãe! O caos com o recém-nascido vai passar

Tags:
BebêsFilhosMaternidade
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
COMMUNION
Philip Kosloski
Oração ao seu anjo da guarda antes de receber a comunhão
4
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
5
Reportagem local
A bela lição que este menino deu a todos ao se aproximar do Papa
6
São José
Francisco Vêneto
Padre irmão de piloto de avião partido em dois: “São José tem mui...
7
Aleteia Brasil
O segredo da cidade bósnia onde jamais houve um divórcio
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia