Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Newsletter Aleteia: uma seleção de conteúdos para uma vida plena e com valor. Cadastre-se e receba nosso boletim direto em seu email.
Registrar

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

1360 grupos de 7 mulheres oferecem 10 mil horas santas semanais pelos sacerdotes

Compartilhar

Os 7 primeiros grupos foram lançados em 2011; hoje são 1360 grupos de sete mulheres, que rezam pelos sacerdotes em 18 países

O Apostolado Sete Irmãs, que está completando 10 anos de existência, oferece uma Hora Santa por dia pela intenção de um sacerdote e de um bispo.

‪A fundadora, Janette Howe, é uma enfermeira norte-americana com mestrado em Teologia Pastoral pela Universidade Ave Maria. Convertida ao catolicismo, ela contou a história do apostolado ao Catholic World Report:

“O meu pároco era o pe. Joseph Johnson, que era reitor da catedral de Saint Paul havia seis anos. É um sacerdote totalmente dedicado e a minha Hora Santa foi uma resposta à generosidade dele e um esforço pessoal para ajudá-lo e apoiá-lo na vocação. Eu fiz uma Hora Santa por ele uma vez por semana durante nove meses. Gostava muito dessa Hora Santa (…) Um dia, enquanto rezava, tive a impressão de ouvir no meu coração as palavras ‘sete irmãs'”.

Ela interpretou, no momento, que Deus lhe pedia rezar as Sete Dores de Maria, mas, ao sentir novamente aquela inspiração, entendeu que Deus lhe pedia reunir mais seis mulheres para formarem um grupo de sete, que se alternariam durante a semana para garantir que, todos os dias, uma delas oferecesse uma Hora Santa pelo pároco.

Janette relatou essa inspiração ao sacerdote, que a incentivou a prestar atenção ao Espírito Santo. Ela conversou com seis mulheres de outras paróquias, que contariam, cada uma, a outras seis, e assim o apostolado se espalharia rapidamente. O compromisso era rezar pelo pároco e pedir que aumentasse a devoção dele por Nossa Senhora.

Os sete primeiros grupos foram lançados em 2011; hoje são 1360 grupos de sete mulheres, que rezam pelos sacerdotes em 18 países.

Janette prossegue:

“Em junho de 2012, visitei cada dos grupos [que existiam na época] para ver como estavam indo. O que eu descobri me deixou sem palavras. As mulheres falaram sobre o efeito que a oração estava causando na vida delas… Essas mulheres estavam mais em paz, tinham o desejo de crescer em santidade e queriam uma devoção maior a Nossa Senhora (…) Falaram sobre os frutos que viam. Diziam que o pároco estava mais tranquilo, que as suas homilias eram mais fluídas, que ele não estava mais tão cansado ou que parecia fortalecido”.

A primeira experiência encorajou a decisão de estender os grupos, hoje presentes também em outros países.

“Procuramos grupos comprometidos de sete mulheres; cada uma delas deve rezar uma Hora Santa em um dia da semana, durante um ano, por um sacerdote. Assim, o padre receberá uma Hora Santa todos os dias durante um ano. Nosso objetivo é ajudá-lo a crescer em santidade e na sua devoção a Maria. Como católicos, temos a obrigação de rezar pelos nossos sacerdotes. As Sete Irmãs são uma forma de fazer isso, e, se esse tipo de apostolado tocar o seu coração, entre em contato conosco. Mas, independentemente do método, por favor, não se esqueça de rezar pelos nossos sacerdotes”.

Boletim
Receba Aleteia todo dia