Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 09 Maio |
home iconHistórias Inspiradoras
line break icon

A mulher que criou 12 filhos vendendo peixe pelo WhatsApp

BUENO SUAREZ

Gentileza

Dolors Massot - publicado em 17/02/20

O marido faliu e entrou em depressão, mas ela não se entregou às dificuldades: "Tinha 12 crianças para comer", conta

Raquel Suárez é mãe de 12 filhos. O marido dela, Jesús, vendia peixes, mas em 2010 uma senhora galega lhe deu um duro golpe: encomendou um grande valor em mercadorias e não lhe pagou. Aquilo foi o bastante para levar a família à ruína financeira.

Raquel, que até então havia se dedicado apenas às tarefas do lar, se viu com 12 bocas para alimentar e um marido de 46 anos afundado na depressão. “Fomos ao médico porque eu cheguei a temer que ele sofresse um infarto e morresse”, disse a mulher, que vive em Madri, na Espanha.

Aquela situação fez com que a mulher tirasse forças de onde ela nem imaginava. “Tínhamos duas opções: ou amargávamos na vida ou pensávamos no que poderíamos fazer para sair daquela situação”, revela.

Confiança

No bairro Las Ventas, onde a família mora, em Madri, a família era conhecida. “Como Jesús conhecia bem o setor – e como o WhatsApp estava crescendo – pensamos em vender peixe para nossa família e amigos através do aplicativo”, contou Raquel.

E assim fizeram… Primeiro foram as amigas que encomendaram. De dois passaram a quatro clientes… Depois a dezenas. “Graças à confiança que as pessoa tinham em nós, as vendas pelo aplicativo cresceram”.

Raquel e Jesús vão todos os dias ao mercado e compram as encomendas. Depois, com um furgão, as mercadorias são entregues nas casas dos clientes. Eles percorrem Madri de norte a sul, de segunda a sábado.
É um trabalho baseado na confiança, porque os clientes sabem que vão contar com produtos de primeira. “Jesús é um craque no pescado e temos bom preço. Aos poucos, ampliamos nossas opções com frutas, verduras e carne”, diz a mulher que hoje tem uma pequena empresa alimentícia.

“Ter uma família grande é maravilhoso”

“Tem gente que diz coisas terríveis quando sabe que eu tenho 12 filhos, mas eu nem ligo. Quando Jesús e eu nos casamos, não planejamos ter 12 filhos. Mas somos fiéis e nunca usei métodos para evitar filho”.

Raquel é extrovertida, simpática, corajosa e jovial. Agora, tem 52 anos e Jesús, 56. “Jesús é o especialista, aquele que faz as compras e a entrega. Eu me encarrego de atender os clientes pelo WhatsApp”, conta a empresária.

A família vive em uma casa com 100 metros quadrados e sonha em viver no campo. Na residência, só há um banheiro. Os banhos são organizados em horários distintos. Os filhos dividem os quartos.

Um filhos com deficiência

A filha mais velha da família tem 28 anos e se tornou Filha de Caridade de São Vicente de Paulo. A segunda é jornalista, gerencia as redes sociais da pequena empresa da família e vive sozinha. Já os outros 10 filhos moram juntos. Entre eles, Juanito, que tem uma deficiência.

Raquel acredita que há muita gente boa no mundo. E ela gosta de contribuir com a sociedade. Tanto que criou um grupo no WhatsApp em que compartilha as ofertas que emprego que podem servir a alguém do seu bairro.

“Os filhos nos dão força”

Seus filhos são seu motor: “Não troco por nada esse amor que se respira em uma família. É isso que me dá força todos os dias”, revela Raquel.

Agora, acabou de chegar um WhatsApp dela e vejo que, antes de passar os preços do pescado e da carne, ela inclui o provérbio: “Quem não tem dinheiro não tem crédito, quem não tem filhos não tem força”.

E não é?

Clique em “Abrir a galeria de fotos” para conhecer melhor a família.

Tags:
FamíliaSuperação
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
Bebê anjo
Reportagem local
“Tchau, papai”: as últimas palavras que Maurício ouvi...
2
Sangue de São Januário ou San Gennaro
Francisco Vêneto
Milagre do sangue de São Januário volta a ocorrer em Nápoles
3
Monsenhor Jonas Abib, fundador da Canção Nova
Reportagem local
Fundador da Canção Nova, monsenhor Jonas Abib é diagnosticado com...
4
ARGENTINA
Esteban Pittaro
Polícia interrompe missa de Primeira Comunhão ao ar livre
5
CANDLELIGHT PROCESSION AND ROSARY
Elizabeth Zuranski
A oração escondida no fim da Ave-Maria
6
ELDERLY,WOMAN,ALONE
Aleteia Brasil
O pe. Zezinho e a mãe que espera há 30 anos, sem sucesso, pelo pe...
7
Sangue de São Januário ou San Gennaro
J-P Mauro
Vídeo mostra a última liquefação do sangue de São Januário
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia