Aleteia

Lavar as mãos pode salvar a sua vida

CLEANING
Shutterstock | Studio Romantic
Compartilhar

A OMS alerta que esse gesto simples pode evitar 25% das infecções

“Vá lavar as mãos!” Sempre ouvimos isso, seja em casa ou na escola. E a importância desse gesto não perde validade.

Lavar as mãos, na verdade, é muito mais importante do que se pode imaginar. Pode até salvar a sua vida.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, OMS, uma em cada quatro doenças respiratórias pode ser evitada apenas lavando as mãos. Estamos falando de 25% dos casos.

Isso deve ser feito antes de comer qualquer coisa. Também se deve lavar bem as mãos depois de usar o banheiro. É importante também lavar as mãos depois de qualquer atividade que possa deixar resquícios nas mãos.

E assim como os dentistas recomendam como escovar os dentes e por quanto tempo, a autoridade mundial de saúde recomenda o uso de sabonete, esfregando completamente as mãos, sem se esquecer de limpar entre os dedos. Também lavar bem as unhas, que costumam acumular germes.

Esta é uma recomendação mais do que valiosa por toda a vida, mas não se esqueça de ocasiões como a que estamos vivendo atualmente, com todo o planeta olhando para a China e atento às consequências do coronavírus.

Você pode fazer uso também de desinfetantes líquidos modernos que incluem álcool. As chamadas soluções hidroalcoólicas. Eles são amplamente utilizados em centros de saúde, hospitais, você pode levá-los no carro, na sua bolsa, em uma mochila. Esses são produtos importantes para os momentos em que você não tem acesso a água e sabão.

A razão pela qual ter as mãos limpas pode nos salvar do contágio é que com elas nos contaminamos o tempo todo: tocamos nosso rosto, levamos a mão à boca… É por isso que você sempre deve lavar as mãos quando chega em casa, antes de cozinhar, depois de trocar uma fralda, depois de assoar o nariz, depois de retirar o lixo…

CLEANING
Shutterstock | Alexander Raths

E lavar as mãos não nos salva apenas de doenças respiratórias, mas também de viroses e diarréia. A OMS revelou em um estudo recente que 95% da população mundial não tem o hábito de lavar as mãos corretamente: nem mesmo antes de comer e depois de ir ao banheiro.

Portanto, é muito importante ensinar às crianças desde cedo a importância de lavar bem as mãos. Sempre. Quanto mais cedo elas aprenderem esse hábito, melhor estarão protegidas.

E outra dica simples. Quando espirramos ou tossimos, geralmente colocamos a mão no nariz ou na boca. Sim, é um costume que é mais do que generalizado. Mas, se pensarmos por um momento, no que acabamos de explicar, fica claro: protegemos o próximo, mas não a nós mesmos.

O nariz atua como um filtro. E, se ele conseguiu bloquear a entrada dos germes, ao espirrar nas mãos, nós depositamos esses germes nelas. Portanto, a recomendação é: tossir em um lenço ou no antebraço.

Sempre será melhor prevenir do que remediar e, em menos de um minuto, você pode se salvar de um contágio.

Boletim
Receba Aleteia todo dia