Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 18 Janeiro |
Santa Margarida da Hungria
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Choque mundial: por bullying, menino de 9 anos clama em vídeo que quer se matar

DWARFISM

Facebook-Yarraka Bayles

Pablo Cesio - publicado em 21/02/20

Celebridades como Hugh Jackman se uniram aos internaturas na oferta de carinho e apoio a Quaden

O vídeo dilacerante do pequeno Quaden está impactando o planeta via redes sociais:

“Me dá uma corda, eu quero me suicidar (..) Eu só quero dar uma facada no meu coração… Eu quero que alguém me mate!”

O impacto destas palavras e do vídeo que viralizou nas últimas horas está gerando uma onda de choque e de solidariedade para com o pequeno Quaden, menino australiano de 9 anos de idade que apresenta o tipo mais comum de nanismo, a acondroplasia.

Foi a mãe dele, Yarraka Bayles, quem tomou a corajosa e delicada decisão de publicar o vídeo do filho em explosão de angústia e sofrimento.

“Acabo de buscar o meu filho na escola. Fui testemunha de um episódio de bullying, chamei o diretor e quero que as pessoas saibam que este é o efeito do bullying. É isto aqui o que o bullying faz. Este é o impacto do bullying num menino de nove anos que só quer ir à escola, receber educação e se divertir, mas todo dia acontece alguma coisa”.

Quaden já está sendo apontado como um símbolo clamoroso da luta contra o assédio moral intimidatório (bullying) a crianças, primordialmente na Austrália, seu país.

Entre as muitas pessoas que reagiram com manifestações de carinho e solidariedade nas redes sociais está o ator Hugh Jackman, também australiano:

“Você tem aqui um amigo; você é mais forte do que pensa, meu amigo”.

O comediante norte-americano Brad Williams, que também tem nanismo, foi outra celebridade que manifestou carinho a Quaden. Personalidades do mundo esportivo têm feito o mesmo, intensificando a onda mundial de carinho para com o menino e de repulsa ao bullying.

QUADEN BAYLES
Facebook-Hans Ahwang
QUADEN BAYLES
@chukstagram
QUADEN BAYLES
Facebook-Yarraka Bayles
Tags:
CriançasPecadoViolência
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia