Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 03 Agosto |
home iconEstilo de vida
line break icon

Falsa juventude: quando você não aceita a passagem do tempo

aged man crazy

Kl Petro - Shutterstock

Orfa Astorga - publicado em 03/03/20

Especialmente nos homens, com cerca de 50 anos, não aceitar que você não é mais jovem pode gerar sofrimento psicológico e comportamento inadequado

Tenho acompanhado no consultório diferentes atitudes de rejeição da idade adulta especialmente nos homens, o que causa sofrimento psicológico e pode levar a comportamentos inadequados.

O fenômeno começa a se acentuar depois dos 40 ou 50 anos, e geralmente se estende pelo resto da vida, afetando-os de tal maneira que, no seu aniversário, eles chegam a pedir condolências ao invés de parabéns.

Uma característica comum daqueles que sofrem desse mal é que, em vez de desenvolver uma personalidade madura e autônoma, eles se apegam a valores falsos da publicidade e das mídias.

Algumas dessas atitudes são:

O eterno adolescente

Eles pretendem passar por “jovens” se disfarçando e se comportando como tal, frequentando ambientes juvenis, como certos clubes e grupos.

Eles “permanecem” jovens, vestindo roupas apertadas ou moda jovem, deixando cabelos compridos (quando não os perdem), e geralmente têm relacionamentos emocionais com pessoas muito mais jovens que eles.

Para eles, o modelo de vida juvenil é o ideal, e eles rejeitam o crescimento racional.

O galã

Eles seguem a história de Don Juan, afirmando um “machismo juvenil”. Costumam visitar lugares frívolos e se apresentam como pessoas extremamente interessantes para possíveis conquistas.

Quando sentem que estão perdendo seu apelo natural, recorrem a um carro caro, a um apartamento chamativo ou à conta bancária, como formas lamentáveis ​​de sedução.

Eles são atores que sacrificam tudo por seu papel, começando por sua própria dignidade.

O vaidoso

Bonito, narcisista, que só quer ser admirado.

Eles se apegam à academia, cremes, tratamentos cirúrgicos, etc., pois sua auto-estima depende de serem reconhecidos por sua juventude e beleza. Quando são traídos pelo espelho ou por um certo ângulo fotográfico, entram num estado de melancolia.

É muito difícil para eles aceitar que pararam de chamar a atenção do sexo oposto.

Os adolescentes emocionais

Eles assumem a permissividade como modelo de vida e tendem a considerar os fins de semana como “explosões”: de juventude = diversão = movimento = sem limites = folia.

Eles chamam de liberdade o que na verdade é egoísmo; chamam de espontaneidade a falta de autocontrole.

São pessoas que, enganando-se, fazem uma paródia da adolescência na idade adulta.

Os atletas sexuais

Pessoas para as quais o sexo sempre ocupou um lugar preponderante em seus interesses e, portanto, não são capazes de desenvolver relacionamentos pessoais autênticos. Para eles, a juventude é igual à capacidade sexual e estão dispostos a injetar hormônios ou recorrer a todos os tipos de dispositivos que lhes permitam prolongar sua vida sexual.

Eles geralmente têm uma integridade muito baixa e não são confiáveis ​​em todas as suas responsabilidades. São suscetíveis ao desenvolvimento de distúrbios agudos de personalidade.

Os “atletas”

Eles apostam tudo no vigor do corpo, tentando alcançar altos rendimentos. Alguns denotam um certo misticismo, cunhando frases sobre sua realização pessoal, através do esforço físico.

Eles sonham, mesmo na meia-idade, escalar o Everest e, em certos casos, acabam se aposentando depois de sofrer acidentes ou ferimentos graves.

A verdade sobre a juventude

A verdade é que a juventude é apenas uma das fases da vida e não a vida inteira. O que acontece quando ela é considerada um estado eterno?

Torna-se fonte de problemas de difícil solução, em que um estado neurótico pode-se desenvolver, com fixação do passado.

Este último fator se reflete nas redes sociais, onde o raciocínio tendencioso circula muito bem editado, em que a palavra “velhice” está sendo substituída por expressões supostamente encorajadoras, como: idade de ouro, maturidade total…

Mas, na verdade, o declínio natural é irreversível e deve ser aceito com os melhores hábitos possíveis, somados aos valores correspondentes.

A função da juventude é fornecer crescimento interno para nos consolidar racionalmente diante dos desafios de uma vida futura e da chegada à maioridade, para permitir uma apreciação ajustada da realidade das coisas e de nós mesmos.

Um percurso que permita que você descubra o rico mundo da sua própria intimidade, e o leve a deixar sua marca sendo continuamente fiéis a Deus, esposa, família, amigos, trabalho, ordem cívica, etc.

Portanto, a maturidade é enquadrar cronologicamente a fidelidade a esses valores.




Leia também:
Os 7 sinais da maturidade emocional

Tags:
IdososInteligencia emocionalPsicologiaSaúdetempo
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
Batizado de Davi Henrique, 6 anos
Reportagem local
Davi, de 6 anos, reclama do padre no batizado: “Tá sabendo ...
2
Sintomas da depressão
Reportagem local
8 sintomas físicos da depressão: fique atento a si mesmo e ao seu...
3
Reportagem local
Gritos levam polícia à casa de dois idosos, que choravam copiosam...
4
SIMONE BILES
Cerith Gardiner
Simone Biles deixa as Olimpíadas com uma lição importante para to...
5
Philip Kosloski
Mesmo com ouro e glória, Michael Phelps foi ao fundo do poço – ma...
6
Pessoa idosa rezando o terço
Reportagem local
Brasil: carta de despedida de bisavó de 96 anos comove as redes s...
7
HIDILYN DIAZ
Cerith Gardiner
Olimpíadas: depois de ganhar o ouro, atleta exibe outra medalha e...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia