Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 24 Junho |
São Rumoldo
home iconEstilo de vida
line break icon

A importância de compartilhar histórias de família com os filhos

WOMAN,WRITING,JOURNAL

Shutterstock

Cerith Gardiner - publicado em 04/03/20

Tem algo de terapêutico no fato de escrever e eternizar as grandes histórias da sua vida e da vida dos seus filhos

Nunca esquecerei o verão do início do ensino médio, em que estive fora por dois meses. Foi uma ótima experiência, mas perdi as férias em família.

Na caixa do correio, um dia naquele verão, recebi um pequeno pacote. Dentro havia uma pilha de papéis grampeados do meu pai. Ele escrevera a história das férias em família que eu perdi para que eu pudesse saber o que aconteceu. Foi maravilhoso! Adorei ler sobre os momentos que eles passaram juntos e aprender sobre as novas piadas internas que eu não estava por perto para ouvir. Eu ainda tenho esses papéis até hoje.

Contar e recontar histórias é poderoso – é registrar o que gostamos de assistir na televisão, o que gostamos de ouvir no rádio e nos podcasts e como gostamos de conversar sobre nossa vida com outras pessoas. Mas existem algumas histórias de vida que são mais impressionantes, mais memoráveis ​​e mais comoventes. Essas histórias, geralmente, envolvem nascimento e morte, ou os principais marcos da vida. É muito terapêutico, muito curativo, escrever as grandes histórias da sua vida e da vida dos seus filhos.

Você pode pensar: “Ok, mas eu não sou um bom escritor!”. Você não precisa ser um bom escritor ou mesmo um bom contador de histórias – há um enorme benefício em colocar suas experiências no papel de maneira permanente, mesmo que você nunca tenha feito isso antes.

Aqui estão três grandes razões para você fazer isso

1PROCESSAR AS DIFERENTES PARTES DE SUA HISTÓRIA

Eu adorava escrever sobre a história do nascimento do meu filho. Era tão bom lembrar a incrível experiência de vê-lo cara a cara depois de carregá-lo escondido por tanto tempo. Mas também pude processar as partes difíceis de seu nascimento – como a enfermeira que me ameaçou e ignorou meus pedidos. Escrever as coisas as torna reais e as tira da cabeça. E isso faz maravilhas!

2ETERNIZAR DETALHES

Tantos momentos divertidos das férias em família estão gravados para sempre agora. E se você recontar certas histórias com frequência, os detalhes ficarão cada vez mais sombrios ao longo do tempo. Ter uma cópia escrita mantém esses pequenos momentos frescos – e precisos. Recentemente, passei algum tempo escrevendo as histórias dos bebês que havia perdido por aborto. E mesmo não tendo passado tanto tempo desde que sofri as perdas, eu já estava tendo problemas para lembrar o que aconteceu. Aprendi que quanto mais cedo você conseguir escrever uma história, melhor!

3RECORDAÇÃO PARA OS FILHOS

Que presente agradável para o seu filho ou neto será ganhar algumas histórias sobre a vida deles que eles poderão até compartilhar com os filhos.

Mas que histórias são boas para escrever? Histórias de nascimentos, histórias sobre o dia em que você adotou seu filho, histórias sobre grandes momentos de suas vidas: talvez uma história sobre como eles aprenderam a andar, como eram quando eram crianças ou estudantes, considerando especificamente aquilo em que eles tiveram um bom desempenho, uma divertida viagem ou feriado.

Se você perdeu um filho, escreva sobre isso. Para qualquer história que você escrever, anote alguns detalhes imediatamente e, depois, você poderá passar uma noite ou duas escrevendo-os mais detalhadamente quando tiver tempo. Escrever ajudará você a se lembrar e ajudará seus filhos a se sentirem amados e conectados quando eles lerem essas histórias. Mãos à obra!

Tags:
FamíliaFilhos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
BABY GIRL
Mathilde de Robien
12 nomes de meninas cujo significado é ligado a Deus
2
Lucía Chamat
A curiosa foto de “Jesus” que está comovendo a Colômb...
3
CARLO ACUTIS
Francisco Vêneto
Corpo incorrupto: quais foram os tratamentos aplicados ao rosto d...
4
Aleteia Brasil
O dia em que os cães farejadores detectaram Alguém vivo no Sacrár...
5
Sintomas da depressão
Reportagem local
8 sintomas físicos da depressão: fique atento a si mesmo e ao seu...
6
lenda São Cipriano Santa Justina
Aleteia Brasil
São Cipriano era mesmo bruxo?
7
COMMUNION
Philip Kosloski
Antes da Comunhão, reze este ato de fé na presença real de Cristo
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia