Aleteia
Sexta-feira 23 Outubro |
São Paulo Tong Viet Buong
Atualidade

Economia brasileira desacelera em 2019 e encara 2020 ameaçada por coronavírus

RENAULT

By Denis.Vostrikov | Shutterstock

Agências de Notícias - publicado em 08/03/20

No quarto trimestre, o PIB cresceu 0,5% em relação ao trimestre anterior

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro cresceu 1,1% em 2019, frustrando as expectativas de decolagem rápida prometida pelo presidente Jair Bolsonaro em seu primeiro ano de governo, e as perspectivas de 2020 estão comprometidas pela epidemia do coronavírus.

O dado, publicado nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostra uma desaceleração em relação à expansão de 1,3% da economia em 2017 e 2018.

No começo do ano passado, os mercados contavam com o programa de ajustes e privatizações de Bolsonaro e do ministro da Economia, Paulo Guede, para finalmente deixar para trás os dois anos de recessão (2015 e 2016).

As apostas iniciais eram de um crescimento do PIB de 2,5%.

Mas o salto não aconteceu, apesar das taxas de juros em seu mínimo histórico e da aprovação, em outubro, da Reforma da Previdência, considerada essencial para melhorar as contas públicas.

“São três anos de resultados positivos, mas o PIB ainda não anulou a queda de 2015 e 2016 e está no mesmo patamar do primeiro trimestre de 2013”, analisa Rebeca Palis, coordenadora das Contas Nacionais do IBGE.

Em novembro, o leilão de exploração do petróleo em águas profundas foi ignorado pelas maiores empresas do setor.

“Foi um toque de realidade. O Brasil está passando por um período de transição. Não é em um ano que você consegue resolver o problema”, afirma Victor Beyrute, economista da Guide Investimentos.

Trata-se de uma transição que exige muita paciência aos 11,9 milhões de desempregados e os 4,7 milhões de desalentados (termo usado para os que desistiram de procurar emprego por falta de oportunidades).

– 2020 traz ameaça do coronavírus –

Este ano começou com expectativas de aceleração das reformas, com projeções de governo e mercado de um crescimento de pelo menos 2,4%.

Contudo, a desaceleração do último ano e a epidemia mundial do novo coronavírus levaram aos consultores revisar suas projeções para o ano de 2020. Vários grupos bancários internacionais trabalham com a hipótese de que possa estar abaixo dos 2%. A consultoria Capital Economics, que já havia revisado a sua projeção de 2% para 1,5%, voltou a reduzi-la nesta terça, chegando a 1,3%.

O Banco Central de Brasil afirmou na terça-feira que vai estudar uma nova queda da taxa básica de juros Selic na reunião de 18 de março devido ao impacto da desaceleração global provocada pela crise de saúde.

O economista André Perfeito, da consultoria Necton, declarou à agência Bloomberg que prevê “dois cortes adicionais [da Selic] este ano, de 0,5 ponto cada”.

– ‘Perda de impulso’ –

No quarto trimestre, o PIB cresceu 0,5% em relação ao trimestre anterior (quando havia crescido 0,6%) e 1,7% em relação ao mesmo período de 2018.

A Capital Economics estimou que “o crescimento trimestral relativamente robusto de 0,5% oculta uma forte perda de impulso no quarto trimestre”, durante o qual foram publicados índices ruins da indústria e do comércio.

Em 2019 como um todo, a agricultura e os serviços cresceram 1,3%, e a indústria, 0,5%. Na demanda, os motores foram investimentos em capital fixo (+2,2%) e consumo das famílias (+1,8%), enquanto as compras do governo caíram 0,4%.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Extremistas queimam igrejas no Chile
Francisco Vêneto
Por que queimam igrejas: Dom Henrique e Pe. J...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia